crismarques, Author at Esteticista Como Você

All posts by crismarques

Como o Microagulhamento transforma a beleza das pessoas

 

São muitos os benefícios que conseguimos ter com o tratamento de agulhas, por ser um método superficial quando indicado para esteticistas, não produzem efeitos indesejáveis com riscos à saúde, mas para saber tudo a respeito do método é preciso aprender o passo a passo da técnica.
Leia esta matéria interessante e fique por dentro.

 

Para o que realmente serve o microagulhamento?

O microagulhamento é um tratamento para rejuvenescimento da pele diminuindo Rugas, Cicatrizes de Acne, Manchas, Estrias, Lipodistrofia Ginoide e ainda trabalha no crescimento dos cabelos eliminando a Calvície e também promove o Rejuvenescimento das Mãos.

Viu só quantas patologias podemos tratar com o Microagulhamento? Essas são apenas as principais, esse tratamento é super abrangente.

Veja só alguns dos resultados das minhas alunas do Curso Online de Microagulhamento:

 

Como funciona o Microagulhamento

O microagulhamento é um estímulo mecânico que aumenta a produção de colágeno e elastina, esse estímulo é realizado através das agulhas bem finas e com várias profundidades.

Esse estímulo aumenta o processo de cicatrização que consequentemente produz um novo colágeno e uma regeneração celular.

 

Quais são os outros benefícios que o microagulhamento promove?

Ele também possui a ação de drug delivery, potencializa a permeação de dermocosméticos.

E o que significa drug delivery?

É o ato de levar o ativo cosmético o mais profundamente possível através dos micro furos provocados.

 

Então vamos entender como o microagulhamento age na pele.

Ele forma micro lesões provocadas, gera-se um processo inflamatório local, aumentando a proliferação celular (principalmente dos fibroblastos), fazendo com que aumente o metabolismo celular deste tecido (derme e epiderme), produz um novo colágeno, elastina e outras substâncias presentes no tecido, restituindo a integridade da pele.

Ele age de dento para fora.

Nesta foto você está vendo uma pele jovem, intacta e uma pele madura toda desestruturada. O microagulhamento reorganizará essa estrutura de formação de colágeno e fibroblastos novamente para atenuar rugas e devolver uma pele com viço, diminuindo o fotoenvelhecimento.

 

E como o microagulhamento consegue clarear melasmas?

Por promover uma renovação celular e devolver uma pele nova, consequentemente suaviza as manchas por promover renovação da pele e permite que na aplicação do microagulhamento você possa aproveitar as lesões provocadas para fazer o trabalho de drug delivery com vitamina c que é clareadora e ativos despigmentantes em fórmulas ou produtos prontos.

 

Agora eu vou te apresentar quais são os tipos de microagulhamento existentes.

Eu vou começar com o:

DERMAPEN

A Dermapen é uma caneta de microagulhamento que possui micro agulhas em sua ponta.

Nesta foto você pode observar o corpo dela e o cartucho com as agulhas.

A ponteira é totalmente descartável e trocada a cada aplicação. A caneta faz movimentos de vibrações e de sobe e desce com as agulhas.

É uma ótima opção para tratamentos de estrias ou rugas mais profundas.

Mas atenção: a Dermapen ainda não está liberada pela ANVISA.

 

Dermógrafo

 

Este é um aparelho chamado dermógrafo, o mesmo usado na micropigmentação e para tatuagens, este mesmo aparelho pode produzir o tratamento de dois modos diferentes por possuir dois tipos de ponteiras diferentes.

O primeiro modo de uso do dermógrafo para o microagulhamento é conectar a uma haste de polipropileno especialmente desenvolvida para o procedimento de escarificação.

Faz-se um arraste nas linhas, rugas e estrias par promover lesões inflamatórias e assim transformando a pele com o novo colágeno.

Esse primeiro modo de uso do demógrafo com a haste de polipropileno damos o nome de dermopuntura.

Um outro modo de uso do dermógrafo é o uso com a ponteira de agulha promovendo furos ponto a ponto nas rugas ou estrias.

Este modo não tem resultados muito efetivos pois o procedimento é lento e os resultados são demorados.

A este procedimento dá-se o nome de micropuntura.

Então pode-se dizer que a diferença da dermopuntura para a micropuntura é que na dermopuntura é utilizado a haste de polipropileno e na micropuntura utiliza-se agulhas.

 

DERMAROLLER

E aqui está o dermaroller, é o mais conhecido e o mais utilizado.

Dermaroller é um dispositivo relativamente barato, você poderá incluir no custo das suas sessões.

Pode-se trabalhar com vários tipos de tratamentos, como: facial, estrias, celulite, mãos e calvície.

É de fácil manuseio: Basta prestar sempre muita atenção no modo de uso do dispositivo e fazer o seu treinamento numa placa de EVA como você verá no vídeo, antes de iniciar qualquer tipo de atendimento na sua cliente, para que você possa sentir o peso das suas mãos e ver se as aplicações com o dermaroller estão corretas.

O dermaroller é o queridinho do mercado! Ele está na crista da onda, basta fazer a

sua propaganda que você conseguirá novas clientes, além de oferecer para aquelas que você já possui.

Os resultados serão garantidos.

O Dermaroller é um aparelho simples em forma de cilindro incrustado de microagulhas muito finas, cujos tamanhos variam, de acordo com a necessidade.

Ele pode conter 1200 agulhas, 540 agulhas (que é o mais comum), 180 agulhas ou 120.

As profundidades das agulhas variam de 0,25/0,35/0,5/0,75/1,0/1,5/2,0/2,5  até 3,0

Vai depender do tipo de tratamento a ser feito, lembrando que agulhas cima de 2,00 é somente para uso médico ou para o uso de profissionais acompanhados por um médico no ato do procedimento.

O dermaroller foi inventado por um médico chamado Desmond Fernandes que descobriu uma estimulação de um novo colágeno através dos ferimentos causados por estimulação mecânica das agulhas.

 

Muita gente pergunta: O Dermaroller é descartável ou pode ser reutilizado?

Para esclarecer essa dúvida, vamos nos basear nas normas da ANVISA

Tudo que é constituído por agulha, torna-se descartável.

O Dispositivo não é desmontável, portanto, descartável.

Não temos como esterilizar o Dermaroller na autoclave, pois ele possui na sua composição componentes de plástico.

Resolução ANVISA Nº 2605, 11 de Agosto de 2006

 

Conclusão

Bem, nesta matéria você aprendeu sobre todas as indicações de uso para o microagulhamento, seus benefícios, sobre os tipos de microagulhamento existentes e conceitos gerais.

Viu ainda que o dermaroller assim como as ponteiras do dermapen e do dermógrafo são completamente descartáveis.

Para saber mais a fundo a respeito do microagulhamento, aprender muitos protocolos e fórmulas e atender várias clientes com o procedimento e se tornar um (a) especialista na técnica, acesse o link abaixo e conheça o Curso Online de Microagulhamento que já ajudou milhares de profissionais a dominarem essa técnica.

 

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O CURSO

 

 

 

 

 

Disidrose – Um problema de pele muito frequente

O que é Disidrose e como tratá-la?

Hoje eu quero te passar algumas informações sobre um problema de pele cada vez mais comum e que ocorre principalmente nas mãos e nos pés.

Estou falando da Disidrose. Aproveite essas informações e caso você identifique esse problema da sua cliente pode orientá-la a procurar um médico dermatologista para confirmar o diagnóstico e iniciar o tratamento. Lembre-se de deixar o seu comentário ao final desse artigo, ok?

Boa leitura!

 

Definição

A disidrose, também conhecida como eczema disidrótico, é uma condição da pele na qual bolhas muito pequenas e cheias de líquido aparecem nas palmas das mãos e nas laterais dos dedos. As solas dos pés também podem ser afetadas.

As bolhas que ocorrem na disidrose geralmente duram cerca de três semanas e causam coceira intensa. Uma vez que as bolhas da disidrose secam, ocorre descamação na pele.

As bolhas geralmente se repetem em ciclos, às vezes antes que sua pele se cure completamente das bolhas anteriores.

O tratamento para a disidrose na maioria das vezes inclui cremes ou pomadas que são aplicadas na pele afetada.

Em casos graves, seu médico pode sugerir comprimidos de corticosteróides, como prednisona, ou ainda injeções.

 

Sintomas

As bolhas associadas à disidrose ocorrem mais comumente nas laterais dos dedos e nas palmas das mãos. Às vezes, as solas dos pés também podem ser afetadas.

As bolhas são geralmente pequenas, aproximadamente a largura de uma ponta de caneta bic e ficam agrupadas em cachos.

Em casos mais graves, as pequenas bolhas podem se fundir para formar bolhas maiores. A pele afetada pela disidrose pode ser dolorosa e com muita coceira irritante.

Quando as bolhas secam e se desprendem, o que ocorre em cerca de três semanas, a pele no local pode ficar vermelha e bem sensível.

A disidrose tende a recorrer regularmente por meses ou anos.

 

Quando marcar uma consulta médica?

Quando ocorrer uma erupção nas mãos ou nos pés que não desaparece sozinha é preciso agendar uma consulta para ter certeza do diagnóstico da disidrose.

 

Causas

A causa da disidrose é desconhecida. Pode estar associada a um distúrbio cutâneo semelhante denominado dermatite atópica, bem como algumas condições alérgicas.

As erupções podem aparecer frequentemente em pessoas com alergias nasais.

 

Fatores de risco

Fatores de risco para disidrose incluem:

A disidrose parece ser mais comum em momentos de estresse emocional ou físico.

 

Exposição a certos metais

Estes incluem cobalto e níquel – geralmente em um ambiente industrial.

 

Pele sensível

As pessoas que desenvolvem uma erupção cutânea após o contato com substâncias irritantes têm maior probabilidade de apresentar disidrose.

 

Eczema atópico. Algumas pessoas com alterações na barreira epidérmica podem desenvolver eczema disidrótico.

 

Complicações

Para a maioria das pessoas com disidrose, é apenas uma inconveniência com prurido (coceira).

Para outros, a dor e a coceira podem limitar o uso de suas mãos ou pés. O ato intenso de coçar pode aumentar o risco de infecções por bactérias no local afetado.

 

Prevenção

Como a causa da disidrose é geralmente desconhecida, não há maneira comprovada de prevenir essa condição. Você pode ajudar a evitar a disidrose, controlando o estresse e evitando a exposição a alguns metais, como cobalto e níquel.

Alguns cuidados com a pele podem prevenir o aparecimento da disidrose.

Incluem:

  • Usar sabonetes suaves e água morna para lavar as mãos e secar bem as mãos
  • Hidratante regularmente
  • Uso de luvas

 

» Dica da Cris:

Ao receber alguma cliente com esses sintomas e perceber que é disidrose, pode indicar o uso de loção com uréia que é um potente hidratante e umectante e a loção permeia mais facilmente na pele do que o creme.

A hidratação constante da pele é se suma importância para amenizar o problema.

 

Bem, termino esse artigo por aqui e espero que tenha te ajudado de alguma forma. Aproveitando que você está aqui, que tal conhecer um pouco mais sobre o Jato de Plasma?

Esse procedimento é extremamente eficiente e dentro desse curso eu ensino um método que pode fidelizar a sua cliente quase que instantaneamente, já na primeira sessão.

Eu desenvolvi um método que já ajudou e ainda ajuda milhares de alunas a conseguir resultados fantásticos com apenas uma única aplicação, clique no link abaixo

Mais informações

 

O que a sua sobrancelha diz sobre você

Você sabia que o formato da sua sobrancelha pode revelar algumas informações sobre você? Basta ter um olhar atento e seguir algumas dicas que eu explico direitinho nesse artigo.

Se você trabalha com micropigmentação e ou com design de sobrancelhas, essas informações podem ser bastante úteis.

Boa leitura e lembre-se de deixar o seu comentário ao final do artigo, ok?

 

Saiba o que sua sobrancelha pode revelar sobre sua personalidade, através da Fisiognomonia

A Fisiognomonia significa o estudo das aparências e teve a sua origem na Índia, quando os antigos habitantes daquele país estudavam as rugas do rosto, as causas e origens das mesmas. Foi levada para a China, desenvolvida e estudada como diagnóstico, principalmente pelo Dr. Pen Chião, considerado o verdadeiro pai dessa ciência.

Tida como uma subdivisão da medicina Chinesa, a Fisiognomonia é estudada atualmente por monges, acupunturistas, e por toda uma legião de leigos e profissionais que reconhecem seu valor e importância como diagnóstico. Além de permitir que o especialista conheça certas particularidades do caráter da pessoa, a Fisiognomonia fornece outras informações através dos traços faciais, relacionando-os à sua saúde física, emocional e mental.

A causa pura está na sensibilidade do especialista perceber, no rosto da cliente, o diagnóstico que se manifesta, quando os detalhes são reforçados e as pequenas mudanças são tratadas como grandes mudanças, e averiguadas as mazelas que não se manifestam.

Sutis e Ralas

Uma pessoa com sobrancelhas sutis, finas e ralas é frequentemente indolente, mentalmente preguiçosa, apática e indecisa. Este sinal deve ser visto na globalidade do rosto, porque se as sobrancelhas são sutis e ralas em um rosto que possui um grande maxilar não se pode dizer que essa pessoa é indecisa ou preguiçosa, ou seja, deve-se sempre observar a globalidade.

 

Densas e Desgrenhadas

Quem apresenta este tipo de sobrancelha é, em geral, irascível, irritado e conflituoso. Também se caracteriza por ser incansável, exaltado, exuberante. Possui espírito de contradição.

 

Próximas às pálpebras

Se as sobrancelhas forem muito próximas às pálpebras, pode-se ter uma pessoa ambiciosa, forte, dotada de vitalidade e de determinação. Costuma ser introspectiva e ansiosa.

 

Distantes das pálpebras

Ao contrário, se as sobrancelhas forem distantes dos olhos, indicam-nos uma pessoa indecisa, tímida, ingênua e emocionalmente frágil, ansiosa.

 

Unidas na raiz do nariz

Este tipo de sobrancelhas denota uma pessoa suscetível a influências externas e frequentemente ciumenta. Existem, porém, vários tipos de ciúme.

É uma pessoa exuberante. A exuberância vem das sobrancelhas grossas. Nesta pessoa existe sempre uma grande força de caráter.

 

Espero que você tenha gostado dessas informações e estou curiosa para saber o que você achou, deixe sua opinião aqui nos comentários.

 

Micropigmentação com Dermógrafo

Aproveitando a sua presença aqui neste artigo interessante, eu quero lhe dizer que hoje uma das mais rentáveis profissões na área da estética é design de sobrancelhas.

Se você quer aproveitar essa grande oportunidade e entrar para esse mercado, clique neste link abaixo e confira. No botão abaixo você será direcionada para uma página onde irá encontrar todas as informações para participar do Curso de Micropigmentação com Dermógrafo.

QUERO MAIS INFORMAÇÕES

 

Aprenda a tratar o envelhecimento das mãos

Você sabe como identificar os sinais de Envelhecimento das Mãos ? Aprender a cuidar das mãos das suas clientes pode te trazer um enorme diferencial, afinal as mãos ficam expostas o tempo todo e denunciam a idade e também como você cuida delas.

Eu preparei esse artigo justamente para explicar como tratar os sinais do tempo que aparecem nas mãos das suas clientes. Espero que esse conteúdo te ajude de alguma forma e te peço que deixe o seu comentário ao final do artigo.

Boa leitura!

 

Sinais do envelhecimento nas mãos

Nos dias de hoje, a maioria das pessoas aplica alguma forma de protetor solar em nosso rosto, e talvez até no pescoço, mas muitas vezes nossas mãos são negligenciadas, mesmo que recebam uma exposição diária de sol.

A proteção solar é importante para suas mãos, tanto de forma médica como cosmética, porque pode ajudar a prevenir câncer de pele, manchas escuras e linhas finas.

Aliás, o envelhecimento das mãos é um dos sinais mais fáceis de identificar.

 

Porque as mãos denunciam a nossa idade?

Sinais de Envelhecimento nas Mãos e Pés

As mãos e os pés têm a menor quantidade de gordura subcutânea do corpo e por isso envelhecem mais rapidamente, isso faz com que a proteção solar adequada seja ainda mais importante. Afinal, nossas mãos muitas vezes ficam mais expostas ao sol do que o resto do corpo, especialmente quando você está dirigindo. Se você não as protege, elas certamente irão denunciar a sua idade.

Muitas vezes, quando um(a) cliente chega para realizar um tratamento de clareamento e rejuvenescimento, o problema já está avançado.

O ideal é que as pessoas comecem a usar protetor solar em suas mãos diariamente quando você é um jovem adulto ou um meio adolescente.

Felizmente hoje em dia temos uma infinidade de produtos cosméticos com ativos altamente rejuvenescedores, clareadores e protetores.

 

Quais são os melhores procedimentos para os cuidados com as mãos?

Microagulhamento com Dermaroller | Envelhecimento das Mãos

Um dos tratamentos mais procurados para o rejuvenescimento da pele nas mãos é o microagulhamento. Ele pode ser utilizado com um rolinho encrustado de agulhas chamado dermaroller.

Pelo fato da pele das mãos ser muito fina e ainda ser um local que quase não contém gordura, o mais indicado é a aplicação semanal de microagulhamento com dermaroller de 0,25 mm, assim poderá fazer o trabalho de regeneração celular e ainda potencializar a penetração de ativos mais profundamente na pele. Neste tratamento a(o) profissional esteticista poderá aplicar vitamina C, ácido hialurônico e fatores de crescimento em sérum ou fluído.

 

Como combater os sinais do Envelhecimento das Mãos ?

 

E você quer saber como remover manchas das mãos? Leia e siga essas dicas

New Skin Eletrocautério e Jato de Plasma | Envelhecimento das Mãos

Já para a eliminação de melanoses solares das mãos, mais conhecidas como manchas senis poderá ser feito com o jato de plasma ou eletrocautério.

O jato de plasma ou eletrocautério é um aparelho que emite um feixe de luz sobre a pele. A agitação das moléculas em altas temperaturas é tão grande que o gás (no caso o oxigênio) se transforma em plasma ou em alta frequência através da corrente elétrica, dependendo do aparelho a ser utilizado.

É preciso o uso de ativos despigmentantes 15 dias antes da aplicação do aparelho para que a pele esteja preparada para receber o procedimento, é importante também a aplicação antecedente de um anestésico tópico no local.

Após a aplicação, cria-se uma casquinha que deve ser cuidada com ativos regeneradores e em apenas uma única sessão é possível eliminar as manchas senis localizadas nas mãos.

É importante dominar a técnica do jato de Plasma para que o resultado seja realmente eficiente no combate ao envelhecimento das mãos.

 

Aprenda a tratar o envelhecimento das mãos

Você quer conhecer mais a respeito dos tratamentos indicados para o cuidado com as mãos?

Hoje eu ofereço 2 cursos super completos que podem te ajudar a tratar os sinais do tempo nas mãos da sua cliente, estou falando do Jato de Plasma e do Microagulhamento.

Para saber mais sobre esses cursos, basta clicar em dos links abaixo:

» Curso Online de Microagulhamento

Curso Online de Microagulhamento | Envelhecimento das Mãos

 

» Curso Online de Jato de Plasma

Curso Online de Microagulhamento | Envelhecimento das Mãos

Você sabe como clarear olheiras?

Muitas clientes sofrem com o aparecimento frequente de manchas escuras ao redor dos olhos e nesse artigo eu quero explicar como clarear olheiras, como elas se formam e também te dar uma dica super legal para você descobrir como entregar esses resultados para a sua cliente.  Esse tipo de tratamento é bastante procurado, por isso é muito importante que você domine essa técnica de clareamento de olheiras.

Ao final do artigo, deixe o seu comentário! A sua opinião é muito importante para mim. Boa leitura.

 

O que são olheiras?

Muitas vezes, é dito que o escurecimento da região periorbital são causados ​​por cansaço ou noites mal dormidas. Embora isso possa ser verdade, os genes também desempenham um papel importante aqui. Então, o que exatamente está acontecendo quando você tem círculos escuros por debaixo ou ao redor de seus olhos? Como clarear olheiras de uma maneira simples e eficiente?

Simplificando, os círculos escuros periorbitais são o resultado da fina camada de pele abaixo dos olhos mostrando os vasos sanguíneos e o sangue que eles contêm com mais clareza do que em qualquer outro lugar em seu corpo.

Para referência, esta pele em volta das pálpebras, denominada pele periorbital, é em média cerca de 0,5 mm de espessura em comparação com uma média de cerca de 2 mm de espessura na maior parte do resto do corpo.

Por isso, no curso que eu desenvolvi de Microagulhamento eu sempre recomendo que a aplicação do Dermaroller ou do Dermapen na região orbicular dos olhos seja muito suave e com agulhas de pouca profundidade.

Porque as veias parecem azuis

Agora, para que você saiba, a razão pela qual as veias muitas vezes parecem azuis não é porque o sangue dentro deles é azul, é porque a pele logo abaixo dos olhos é tão fina que em pessoas de pele clara o tecido subcutâneo só permite que os comprimentos de onda azul ou violeta da luz passem por ele.

Como resultado, apenas a luz azul é refletida de volta e as veias se parecem, bem azuladas.

As veias muitas vezes não aparecerão azuis se uma pessoa tiver uma pele mais escura.

Em vez disso, as veias tendem a aparecer verde ou marrom. Por outro lado, pessoas com pele extremamente branca, como albinos, geralmente terão veias que aparecem como roxo escuro ou vermelho escuro, mais parecido com a cor real do sangue que atravessa as veias.

Exatamente o que acontece com a pele abaixo dos olhos é que esses círculos azuis escuros são apenas o resultado da luz sendo refletida de volta dos vasos sanguíneos localizados logo abaixo da superfície, daquele pedaço de pele incrivelmente fino.

Esta é a mesma razão pela qual as contusões faciais são mais azuladas ou arroxeadas abaixo ou ao redor dos olhos. A pele fina apenas mostra o sangue dos vasos sanguíneos rompidos um pouco mais claramente.

Como clarear olheiras de uma maneira eficiente?

Estenda porque geralmente as pessoas mais idosas tem propensão à olheiras e bolsas

Como clarear olheiras

 

Só para que você saiba, à medida que envelhecemos, nossa pele perde sua elasticidade e capacidade de regeneração e como resultado torna-se mais fina e muitas vezes até esfarelada com o avanço da terceira idade.

É por isso que muitas vezes, as pessoas idosas terão círculos escuros periorbitais bastante importantes, independentemente do quanto essas pessoas dormem. Como com aqueles que são geneticamente predispostos a ter uma pele mais fina abaixo dos olhos, é apenas biologia.

 

Como clarear olheiras em pessoas de pele mais escura que podem sofrer com hiperpigmentação

Como clarear olheiras

Outra coisa que pode causar círculos escuros abaixo dos olhos é algo conhecido como hiperpigmentação periorbital, que é basicamente uma condição que resulta em mais melanina produzida pela pele abaixo dos olhos, resultando em uma cor mais escura. Esta é principalmente uma condição que afeta (ou é, pelo menos, mais perceptível) pessoas de pele mais escura.

De acordo com Pratik B Sheth do colégio médico e hospital na Índia, esta é uma das queixas mais comuns que os dermatologistas têm de lidar atualmente.

Os pacientes com pele mais escura são mais difíceis de serem tratados e isso levou a um crescente mercado de nichos de maquiagem para camuflar olheiras em pessoas com pele mais escura. Para clarear olheiras em pessoas de fototipos mais altos é necessário tomar alguns cuidados extras para evitar a hiperpigmentação.

Outro fator importante para o aparecimento das olheiras, mesmo que a pessoa não esteja geneticamente predisposta a elas é a oxidação do sangue escorrendo dos vasos sanguíneos periorbitários.

O que ocorre é que às vezes os vasos sanguíneos em volta dos olhos podem ser danificados, o sangue escapa e a pessoa fica com os olhos inchados e escuros formando-se círculos na parte inferior.

O problema é relativamente inofensivo e até mesmo os sofredores crônicos desse tipo de vazamento de sangue não precisam se preocupar demais com isso. Também é tecnicamente reversível com o tratamento certo, embora as mudanças no estilo de vida sejam frequentemente recomendadas antes de considerar a opção pela cirurgia para retirada de bolsas e olheiras.

 

Inchaços são mais comuns do que a gente imagina

Como clarear olheiras

Outro problema que anda de mãos dadas com os círculos escuros periorbitais é o inchaço nessa região, também conhecido por bolsas abaixo dos olhos. Então veja bem que não se trata apenas de clarear olheiras, às vezes temos que diminuir o inchaço ao redor dos olhos também.

Em jovens, isso é quase sempre causado pelo acúmulo de líquido abaixo dos olhos, seja devido a doenças, alergias ou simplesmente consumo excessivo de sal, o que pode resultar em manter o líquido mais fluido do que o normal.

Isso pode aumentar a pressão sobre a pele e vasos sanguíneos ao redor dos olhos, o que pode expandir os vasos sanguíneos mais perto da superfície da pele, fazendo círculos escuros aparecerem com mais frequência.

A bolsa logo abaixo dos olhos também pode ser resultado da idade avançada.

Bolsas abaixo dos olhos

Agora vai uma pergunta interessante: Essas olheiras podem ser causadas por fadiga e, em caso afirmativo, por quê?

Bem, a resposta é: às vezes.

Então, por que exatamente as pessoas que apresentam cansaço ficam com olheiras?

Não é a falta de sono que torna sua pele mais fina, certo?

A resposta é: Quando o corpo está com pouca energia, age com um sinal de alerta. Portanto para você entender de verdade como clarear olheiras, é preciso analisar o momento em que a sua cliente está com as olheiras.

Quando o corpo está cansado, a produção do cortisol químico é dramaticamente aumentada para ajudar a fornecer a energia necessária para que a pessoa continue acordada.

Entre muitas outras coisas, o cortisol realmente aumenta o volume de sangue em seu corpo, o que faz com que os vasos sanguíneos (incluindo os que estão abaixo dos olhos) engrossem para acomodá-lo.

Como já mencionamos, os círculos escuros são principalmente causados ​​pelos nossos vasos sanguíneos, (sangue através da nossa pele), então é lógico que, quando esses vasos sanguíneos estão grossos, eles se tornam mais fáceis de serem vistos, mesmo em pessoas que possuem uma pele mais espessa abaixo dos olhos.

Então, seja por herança de genes ou cansaço pela falta de sono ou muito estresse, a culpa do surgimento de olheiras ainda é dos pais, pois o cortisol promove a acumulação de gordura. Portanto, a sua falta de sono provavelmente contribui para mais do que apenas problemas estéticos sob os olhos.

 

Outros fatores que causam olheiras

Para entender como clarear olheiras de uma forma eficiente, é preciso conhecer os fatores que podem causar o aparecimento das olheiras.

Outras causas que podem contribuir para o surgimento de olheiras além da genética, idade e cansaço incluem:

Medicação que faz com que os vasos sanguíneos se dilatem, o ato de esfregar os olhos excessivamente e doenças do fígado.

As olheiras acastanhadas são decorrentes da hemociderina, que é um depósito de ferro do sangue. É o mesmo caso das pessoas com má-circulação, que apresentam nas pernas manchas arroxeadas.

A hemossiderina é um pigmento anormal microscópico de origem endógena, encontrado no corpo humano e no de outros animais. Possui uma coloração acastanhada, sendo resultante da degradação de hemácias.

É composto de óxido de ferro e pode se acumular em diferentes partes do corpo, incluindo a região periorbital.

O ferro é necessário para muitas das reações químicas do corpo, mas é tóxico quando não estiver adequadamente contido. Os humanos tipicamente armazenam ferro no interior de uma proteína chamada ferritina. A forma do ferro na ferritina é o ferro III. Ao se ligar com a ferritina, o ferro se torna solúvel em água.

Estes depósitos de ferro são chamados hemossiderina. Embora estes depósitos frequentemente não causem sintomas, eles podem causar uma lesão ao órgão.

 

Você já ouviu falar no ácido tioglicólico?

Como clarear olheiras

 

O que preciso saber pára aprender como clarear olheiras?

O ácido tioglicólico é utilizado no peeling químico e é o único que funciona para o clareamento em pigmentos na pele derivados do sangue.

As olheiras tratadas com ácido tioglicólico também podem ser suavizadas com despigmentantes para melanina.

E não se assuste, pois o ácido tioglicólico tem um odor bastante desagradável, mas a sua eficiência compensa essa característica.

Venha aprender como clarear olheiras com o ácido tioglicólico através de 5 sessões reais em sequência e comentadas passo a passo, inclusive com fotos do antes e depois de cada sessão.

Esse tratamento faz parte do Curso Online de Peelings Químicos, onde eu demonstro em mais de 60 vídeo aulas diversos protocolos e também todo o embasamento científico necessário para você trabalhar com Pellings Químicos com toda segurança.

Espero que esse artigo tenha te ajudado de alguma forma e se você quiser se aprofundar no tema Peelings Químicos, será um prazer ter você na nossa turma.

 

Deixe seu comentário abaixo e se você gostou desse artigo, compartilhe com as colegas de profissão.

Um grande beijo e até a próxima.

 

 

Xantelasma: Saiba mais sobre essa patologia

Olá, nesse artigo eu quero te explicar o que é XANTELASMA, uma patologia de pele que incomoda bastante as nossas clientes. Leia o artigo até o final e lembre-se de deixar a sua opinião sobre o tema, ok?

Boa leitura!

 

Definição

O termo xantelasma é derivado do grego xanthos (amarelo) e do elasma (placa de metal batido).

É um transtorno comum que se desenvolve na superfície anterior da pálpebra e é considerado como uma alteração do metabolismo local das gorduras que produz depósitos de lipoproteínas.

Se apresentam como placas amareladas, geralmente dos dois lados da face, localizadas no canto médio das pálpebras superiores e inferiores.

Eu vou te explicar melhor:

As células do sangue chamadas de monócitos migram para a pele desenvolvendo o papel de fagocitose.

 

Como se forma o Xantelasma

Quando os monócitos migram para a pele mudam o nome para fagócitos. Essas células combatem corpos estranhos, mas ao migrar para a pele elas estão carregadas de lipídeos e instalam-se na derme superficial e nos tecidos, e esses lipídeos são gorduras que se acumulam formando as bolsinhas que se denominam xantelasmas.

Quando o colesterol está alto os lipídeos encontram-se em maior quantidade formando o xantelasma.

 

 

Epidemiologia

Eles ocorrem mais frequentemente em pessoas idosas. As mulheres no climatério são as mais afetadas.

Uma maior incidência também é observada em pacientes com diabetes, níveis elevados de lipoproteínas plasmáticas ou más condições do ducto biliar.

 

Sintomatologia

Os pacientes são assintomáticos, ou seja, não possuem sintomas.

Tratamento e prognóstico:

As placas podem ser removidas cirurgicamente, cauterizadas ou tratadas com cirurgia a laser.

A incidência de recorrência é alta, o tratamento é indicado por razões estéticas.

Quando estas lesões são removidas, o cirurgião deve ter cuidado para não remover muito tecido das pálpebras, porque haveria um risco de uma cicatriz hipertrófica.

Outras opções de tratamento incluem excisão cirúrgica com blefaroplastia, ablação por laser de CO2, aplicação tópica de ácido tricloroacético (TCA) a 100% e crioterapia.

Uma extensão de profundidade pode ser encontrada até o músculo orbicular dos olhos, caso em que o tratamento superficial ablativo não terá sucesso.

A lesão não responderá aos tratamentos ablativos superficiais.

O xantelasma pode ser macio, quase sólido ou muito sólido, nas pálpebras superiores são muito mais frequentes do que nas pálpebras inferiores. Podem se tornar permanentes.

A restrição alimentar de gorduras apenas controla a evolução do xantelasma.

 

Quais são as complicações pós tratamento?

No caso de cirurgia pode ocorrer cicatrizes hipertróficas e no caso de co2 ou aplicação do TCA pode ocorrer hipopigmentação no local.

As lesões podem não responder às técnicas de ablação superficial.

 

Gostou desse artigo?

Espero que tenha agregado algum conhecimento na sua carreira. Deixe o seu comentário ou recomende esse conteúdo para uma amiga da área, dessa forma estamos contribuindo para o crescimento da nossa profissão.

Para tratar essa e muitas outras patologias da pele, eu ofereço diversos cursos online na área de estética, dentre eles: Microagulhamento, Jato de Plasma, Peelings Químicos, Drenagem Linfática e Lipoescultura Manual.

Para conhecer todos os cursos e ficar apta a entregar excelentes resultados para as suas clientes acesse o link abaixo:

Quero conhecer os cursos

Como controlar a Acne

Olá, nesse artigo eu quero falar sobre a Acne, você irá entender como ela se forma e o que podemos fazer para controlar a acne. Apesar de ser uma patologia comum na adolesência, existem muitas mulheres adultas que tem problemas com a acne e procuram tratamentos estéticos, sendo assim vale muito a pena estar a par desse assunto.

Boa leitura e deixe o seu comentário ao final do artigo, ok?

 

O que é Acne

A acne é uma afecção da pele que ocorre­ pelo excesso de produção de sebo causado pela glândula sebácea e como consequência ocorre a infestação de bactérias como a Propionibacterium acne e o Demodex.

A acne afeta cerca de 80% da população de idade jovem.

Demodex folliculorum

Imagem do Demodex folliculorum

 

As causas do aparecimento podem ser:

Internas: São multifatoriais, por influência principal dos distúrbios hormonais.

Externas: acne causada por cosméticos inapropriados para o tipo de pele, pode causar comedões.

As consequências do surgimento da acne são:

  • Hiperatividade da glândula sebácea;
  • Queratinização folicular com obstrução dos óstios, resultando em comedões;
  • Proliferação de microorganismos, sendo particularmente infestados por Propionibacterium acne, Demodex e por fungos Pityrosporum ovale. Esses microorganismos produzem enzimas (esterases) capazes de hidrolisar os triglicéridos do sebo, liberando ácidos graxos livres, que são irritantes;
  • Inflamação, com aparecimento de pápulas e pústulas.
  • A atuação do profissional de estética com relação a acne restringe-se a minimizar seus efeitos pela orientação ao cliente e pela utilização de tratamentos e cosméticos adequados e específicos para cada uma das manifestações apresentadas.

 

Orientações Importantes:

É fundamental que o cliente não manipule comedões e pústulas, ocasionando lesões que poderão tornar-se cicatrizes profundas de acne.

Evitar o uso de cremes gordurosos, dando preferência a géis, fluidos ou loções sem óleo, oil free ou efeito mate.

O uso de esfoliantes podem ser úteis em alguns casos, em peles com comedões, sendo desaconselhável no caso de pústulas infamadas.

A higienização correta da pele com sabonete líquido e tônico adstringentes são essenciais.

 

 

Produtos e princípios Ativos  mais utilizados no tratamento estético da acne

Higienizantes: Utilizam-se em geral, tensoativos capazes de emulsionar o material gorduroso e as impurezas, removendo-os em seguida com água. Dá-se preferência aos tensoativos menos agressivos para a pele, como:

 

  • Anfóteros (betaína de coco);

Anfótero é uma molécula ou íon capaz de reagir sendo como um ácido ou uma base.

 

  • Não iônicos: Alquil poliglicosídeos (Plantaren, Glucam).

Nas formulações Higienizantes, além de tensoativos, são incluídos outros ativos, como substâncias esfoliantes, queratolíticas, anti-sépticas, calmantes e etc.

 

Esfoliantes: São sustâncias que promovem uma leve descamação das células epidérmicas mortas por meio de ação mecânica.

 

 

As principais são:

 

  • Microesferas de polietileno;
  • Pó de cavalinha – as folhas são ricas em óxido de silício, atuando como esfoliante suave. Pode ser adicionado a sabonetes cremosos no momento da aplicação;
  • Pó de semente de damasco – é igual ao apricot, casca de nozes ou outros.
  • Púmice – Consiste em um completo de silicatos de alumínio, potássio e sódio, cuja origem é vulcânica, encontrado principalmente no arquipélago grego;
  • Glicosferas de papaína.

 

 

Vamos entender o que significa o termo queratolítico?

 

Queratolíticos – significa “quebra” da queratina, ou seja, são substâncias capazes de desorganizar quimicamente a molécula de queratina, removendo as células epiteliais em alguns níveis, dependendo da concentração do ativo.

Pode-se obter essa ação com:

  • Resorcina ou solução de Jessner : possui ação queratolítica e provoca descamação;
  • Ácido salicílico: Também possui ação queratolítica;
  • Ácido glicólico: Enfraquece as ligações entre os corneócitos;
  • TCA:  O ácido tricloroacético, mais conhecido como ATA ou TCA, é uma solução ácida aquosa que possui efeito de ação caustica, muito utilizado por médicos para o tratamento de verrugas e lesões. Tem efeito queratolítico nas aplicações dos peelings químicos.

 

Ativos cosméticos cicatrizantes para regeneração do epitélio:

 

Alantoína – Princípio ativo encontrado no confrei, nas sementes de tabasco, na beterraba, no germe de trigo e na casca do castanheiro-da-índia. É também obtido, por síntese, do ácido úrico.

Tem ação cicatrizante e é muito utilizado para pós sol, pós barba, pós depilação e para peles sensíveis.

É calmante, aliviando o desconforto de irritações na pele

Como resultado de estudos, pode-se concluir que a alantoína tem efeito amaciante sobre os tecidos hiperqueratósicos em certas doenças de pele.

Em soluções e emulsão é utilizado em concentrações de 0,01 a 2%.

 

Aloe Vera – Conhecida no Brasil como babosa. Sinônimos: acibar, caraguatá. Partes usadas: mucílago das folhas.

Aloe vera possui propriedades hidrantantes, suavizante e cicatrizante, sendo muito utilizada para a cura de queimaduras.

A concentração varia de 1 a 10%.

 

 

Anti-inflamatórios e descongestionantes

 

  • Ácido glicirrízico – obtido do alcaçuz.
  • Alfa bisabolol – potente anti-inflamatório obtido da camomila.
  • Azuleno – princípio ativo encontrado no óleo da camomila.
  • Bardana – usa-se a raíz, folhas e sementes. Além de calmante, tem ação adstringente e antisséptica.
  • Calêndula – usa-se as flores e tem ação anti-inflamatória
  • Camomila – tem ação anti-inflamatória e calmante

 

 

Ativos cosméticos Anti-sépticos e adstringentes

Os adstringentes de um modo geral possuem ação cicatrizante e descongestionante.

São utilizados os seguintes princípios ativos, dentre outros:

  • Hamamélis
  • Gerânio
  • Tomilho
  • Arnica
  • Alecrim
  • Melaleuca
  • Epicutin
  • Óxido de zinco
  • Sulfato de zinco
  • Cânfora
  • Própolis

 

As funções desses ativos citados acima são:

Antissépticos, adstringentes, anti-inflamatórios e cicatrizantes. Possuem ação contra bactérias gram-positivas, gram-negativas e fungos.

 

 

Anti-seborréicos

São substâncias que atuam removendo a oleosidade excessiva e normalizam a secreção sebácea.

Para um tratamento efetivo no combate a acne com comedões, pústulas e milliuns será necessário realizar uma boa limpeza de pele e após 15 dias efetuar um tratamento utilizando peelings químicos voltados para cada fototipo de pele.

 

Bem, espero que esse artigo tenha de ajudado de alguma forma, eu recomendo que você se aprofunde nos estudos dos ativos cosméticos e como eles agen nas diversas patologias da pele

Se você quiser saber mais a respeito de profundidade dos peelings químicos, patologias, fototipos, tipos de ácidos e suas concentrações, aplicações e fórmulas para manipulação, venha conhecer o curso completo de peelings químicos, basta clicar no link abaixo:

MAIS INFORMAÇÕES

 

O impacto da Glicação no Processo de Envelhecimento

Glicação é um termo que têm sido muito utilizado na área da estética, nesse artigo vamos entender o que é glicação e quais são os malefícios que este processo traz para a nossa pele.

Boa leitura e espero que esse artigo seja útil e a opinião de vocês ao final do artigo é muito importante!

 

Definição

A glicação é um termo que está ganhando mais impulso no consumo e varejo de produtos cosméticos e está sendo muito abordado também em revistas de saúde e beleza. Embora a maioria dos profissionais que trabalham com os cuidados da pele já saibam o que isto significa, é sempre uma vantagem profissional saber o que os clientes estão lendo a fim de reduzir a chance de ser pega de surpresa.

 

O Processo da Glicação

Já se sabe que o excesso de açúcar pode levar a uma variedade de problemas de saúde, mas o que mais se esquecem é que muito açúcar também pode afetar a pele.

O açúcar pode ser digerido em muitas formas, incluindo o consumo de carboidratos e pode ainda ser formado através da preparação de refeições, moderar na quantidade de açúcar que ingerimos não é uma medida tomada apenas para equilibrar o peso.

O açúcar em excesso abre portas para doenças graves e agiliza o envelhecimento da pele, essa ação negativa que a glicose promove no organismo é chamada de glicação.

A glicação é uma reação na qual carboidratos, como a glicose, ou lipídeos ligam-se permanentemente a proteínas, sem a atuação de uma enzima, quando o corpo não produz insulina suficiente para processar o excesso de açúcar.

Desse modo, essas proteínas sofrem modificações e impedem que as células desempenhem seus papéis.

Essa mutação leva à formação de AGEs (Advanced Glycation End products) ou produtos finais da glicação avançada, substâncias responsáveis pela aceleração do envelhecimento.

 

foto-2

image1

Uma vez que os AGEs são formados, tendem a consumir o colágeno e a elastina da pele causando flacidez e envelhecimento.

Quanto mais açúcar as pessoas consomem, sendo açúcares transformados ou naturais, mais os AGEs são produzidos.

A formação de AGEs, substâncias responsáveis pela aceleração do envelhecimento também são encontrados em alimentos ricos em gordura saturada e gordura trans que favorecem a reação de glicação.

foto-3

 

As carnes defumadas e assadas em alta temperatura, bolos e tortas já possuem AGEs em sua composição, pela adição de conservantes, corantes químicos e realçadores de sabor, completa.

Os efeitos da glicação no processo de nível celular pode comprometer a estrutura da pele, resultando em rugas, perda de elasticidade, rigidez, envelhecimento acelerado e ainda comprometendo a função da barreira de proteção da pele.

Outra condição que aparece com o processo de glicação da pele é uma perda de volume no rosto devido à redistribuição de gordura ocasionando papada e deformação do contorno facial.

Embora o desenvolvimento de linhas e rugas seja normal com o avanço da idade, é difícil ver os clientes em seus 20 anos se assemelhar a uma pessoa nos seus 40 anos, mas hoje em dia está ocorrendo com certa frequência.

O processo de glicação têm sido ligado a vários problemas de saúde diferentes. As condições oxidativas que surgem a partir da formação da glicação pode levar a Alzheimer, doenças cardiovasculares e renais.

Outro sintoma decorrente do excesso de açúcar e processo de glicação, além do aparecimento de rugas e flacidez, é a capacidade reduzida de regeneração celular.

É uma pele que não responde rapidamente aos tratamentos estéticos.

A glicação, na verdade, ocorre em todo ser humano, afinal de contas, nossa glicemia não pode ser zero. Ela só é maléfica quando ocorre em excesso, ou quando a pessoa não produz insulina suficiente para manter equilibrada sua taxa de glicemia, as pessoas diabéticas são fortemente prejudicadas neste caso.

 

Quais medidas podem ser tomadas no combate aos efeitos da glicação?

image4

 

É importante que a profissional recomende a cliente uma boa alimentação com diminuição no consumo de açúcar, assim como também diminuição no consumo de frituras, gorduras e álcool.

 

Existem hoje alguns suplementos que auxiliam no combate à glicação mas devem ser consumidos conforme orientação médica, são eles:

  • Carnosina, carnitina, pyridoxamine (um derivado da vitamina B-6), tiamina (vitamina B-1), alfa ácido lipóico e benfotiamina. Estes suplementos de uso oral estão se tornando mais comum também para uso externo no combate à  glicação em produtos de cuidados da pele.

 

  • Outros ingredientes interessantes para o uso contra a glicação incluem Paeonia albiflora extracto (flor peônia), julibrissin Albizia extracto (árvore de seda persa), niacinamida, mirtilos e romã.

Ao lidar com as condições da pele glicada, é essencial lembrar que a pele precisa de produtos que contêm vitaminas e nutrientes que irão hidratar e devolver o viço e melhorar o contorno facial.

Alguns ingredientes que ajudam a hidratar a pele incluem ácido hialurônico, vitamina E,  óleo de mirtilo,  óleo de jojoba,  aloe vera,  mel, dentre outros.

A vitamina C é muito bem vinda para a renovação celular e para o rejuvenescimento.

Os tratamentos estéticos, dieta balanceada, ingestão de 2 litros de água por dia, exercícios físicos e cuidados com produtos home care são essenciais para alcançar bons resultados na melhora da pele.

 

 

Chegamos ao final desse artigo, espero que esse conteúdo tenha sido útil de alguma forma para você!

Os tratamentos estéticos que utilizam PEELINGS QUÍMICOS OU MICROAGULHAMENTO estimulam a produção de colágeno e a renovação da pele, portanto são bastante eficientes para evitar o processo de glicação. Para você, profissional da estética, saúde ou beleza, é muito importante que você tenha pleno domínio sobre essas técnicas.

Caso você queira saber mais sobre esses tratamentos, conheça os nossos cursos de PEELINGS QUÍMICOS OU MICROAGULHAMENTO acessando os links abaixo:

 

Microagulhamento sem Mistérios

Microagulhamento: Para informações clique aqui

Capa Curso

Peelings Químicos: Para informações clique aqui

 

Uso de LED e LASER de baixa potência na estética

Nesse artigo quero mostrar para você quais são os benefícios e resultados que podemos conseguir com a utilização da luz de LED e LASER de baixa potência em tratamentos estéticos.

Espero que esse conteúdo possa te ajudar e lembre-se de deixar o seu comentário ao final, combinado?

 

Utilização da Luz para fins terapêuticos

A utilização da luz, com efeitos terapêuticos, já existe desde os primórdios da civilização. Por exemplo, no ano 1400 A.C., existem registos de que os hindus associavam os banhos de Sol com plantas medicinais para tratar o vitiligo. Contudo, foi a partir de 1903, quando Niels Finsen recebeu o Prêmio Nobel pela utilização da radiação U.V. para o tratamento do lúpus vulgar que a fototerapia começou de fato, a ser estudada e aplicada no tratamento de várias dermatoses.

Atualmente, com a evolução da Medicina e da Tecnologia, verifica-se o crescimento do uso do LED e do LASER de baixa potência em tratamentos estéticos.

image2

O que é LED e LASER?

A luz pode ser descrita como uma emissão eletromagnética. Essas emissões são, comumente, conhecidas como radiações ou ondas eletromagnéticas, e podem ser classificadas de acordo com o seu comprimento de onda.

image2

image2

A Fototerapia é um processo que modifica a atividade celular usando uma fonte de luz não agressiva. O uso do LASER e do LED são, neste momento, duas das formas de tratamento mais eficazes na estética.

A Fototerapia combinada com outros tratamentos, torna-se ainda mais eficaz.

A palavra LASER vem da sigla inglesa “Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation”, ou seja, amplificação da luz por emissão estimulada da radiação. Em outras palavras, o laser é uma radiação eletromagnética não ionizante e pode ser visível ou invisível.

Dependendo dos efeitos pretendidos, o laser pode ser de alta ou baixa potência.

LED é o acrônimo de “Light Emiting Diode” (diodo emissor de luz). Ao contrário do laser, o LED não é monocromático, e os seus comprimentos de onda são mais baixos que no laser. Neste caso, a luz é emitida através de uma fonte elétrica, denominando-se eletroluminescência.

Nos programas de Fototerapia, utiliza-se o LED azul e âmbar, cujos comprimentos de onda são, respetivamente, 470nm e 590nm; e o LASER vermelho (660nm) e infravermelho (808nm). Ambos encontram-se na faixa de espectro eletromagnética conhecida como safe-band, ou seja, não apresenta riscos de alteração genética para a pessoa submetida a esta radiação. Além disso, as técnicas utilizadas não são invasivas, isto é, não provocam danos, e podem ser utilizadas em todos os tipos de pele.

image3image3

 

Indicações e Resultados

Como foi esclarecido anteriormente, a Fototerapia utiliza equipamentos LED e de LASER de baixa potência, para a realização de tratamentos estéticos não invasivos. Como o LED e o laser se complementam nos seus efeitos, eles podem ser utilizados em conjunto ou isoladamente, dependendo do resultado pretendido.

A Fototerapia é indicada em:

  • Acne em qualquer grau;
  • Hidratação dos tecidos faciais;
  • Manchas provocadas por radiação solar, gravidez e contracepção;
  • Marcas de expressão;
  • Iluminação Facial (efeito Cinderela);
  • Alopecia (tratamentos capilares);
  • Gordura localizada;
  • Micropigmentação;
  • Terapia anti-aging;
  • Revitalização cutânea;
  • Clareamento periocular (olheiras);
  • Estrias;
  • Pré e pós operatório.

 

Contraindicações

Como qualquer procedimento médico, esta terapia também tem contra indicações.

É, então, contra indicado em:

  • Grávidas e mães no período de amamentação;
  • Pessoas com câncer de pele na região irradiada;
  • Portadores de glaucoma e cataratas.

 

Conclusão

Como tal, dependendo do resultado pretendido, e da fonte de luz utilizada (LED e/ou laser), poderá obter uma pele mais hidratada; aumentar a sua elasticidade cutânea; obter mais brilho; reduzir a inflamação; aumentar a produção do colágeno, e, consequentemente, rejuvenescer a sua pele; melhorar a circulação e eliminar as toxinas de forma mais eficaz; e reduzir dor e edemas (inchaço).

Em suma, com a utilização do LED e do laser, em conjunto ou isoladamente, na Fototerapia, tem a oportunidade de tratar diversas alterações cutâneas de forma indolor, não invasiva e com resultados rápidos.

 

Combinação do LED com Microagulhamento

Agora se você quer saber sobre um tratamento estético que poderá perfeitamente ser combinado com o uso do Led para alcançar melhores resultados, conheça agora o curso online completo de microagulhamento.

Clique aqui ou na imagem abaixo para conhecer o curso.

FB Ad Micro

 

Benefícios da Massagem Modeladora

Nesse artigo eu quero conversar com você a respeito da Massagem Modeladora, um dos procedimentos estéticos mais procurados pelas clientes, e nós, esteticistas, precisamos dominar essa técnica, pois assim teremos clientes fieis e satisfeitas o ano todo!

No final desse post, deixe o seu comentário, esse feedback é muito importante para mim. Boa leitura!

Definição

A massagem modeladora é uma das técnicas ainda mais pedidas por clientes no ramo da estética, ela produz ótimos resultados sem o uso de aparelhos.

A evolução na área da estética é muito crescente, ano após ano são desenvolvidos aparelhos para que se obtenha bons resultados nos tratamentos de redução da gordura localizada, celulite e flacidez, mas ainda mesmo com essa evolução em tecnologia, nada substitui o tratamento manual.

Para quem não tem condições financeiras para investir em aparelhos caros ou para as profissionais que estão em começo de carreira, ou ainda para quem precisa alternar os tratamentos corporais, nada é mais satisfatório do que promover uma massagem modeladora, a cliente diminui medidas e fica muito satisfeita com os resultados de melhoras significativas do contorno corporal.

 

Tratamento combinado com cosméticos

Massagem Modeladora com Cosméticos

A indústria cosmecêutica vem desenvolvendo em larga escala estudos e pesquisas incansáveis em busca de excelentes produtos cosméticos voltados para o ramo da estética.

Temos empresas conceituadas que desenvolvem produtos com fórmulas perfeitas para um bom resultado nos tratamentos corporais e com a associação da massagem modeladora temos resultados muito satisfatórios na perda de medidas.

Na massagem modeladora podemos associar vários ativos cosméticos que se encontram nos produtos para alcançarmos bons resultados, dentre eles, irei citar alguns:

Cafeína:  aumenta o gasto energético celular, é lipolítica e liporredutora.

b7b5cb22-882a-4324-83ae-1703a8809c58

 

Pimenta negra: Ajuda a impulsionar o metabolismo do corpo. Ela queima as calorias indesejadas e ajuda a reduzir a gordura abdominal. Faz muito bem uma hiperemia local e ativa a circulação sanguínea.

26a11112-0d16-4693-97b7-08b5a3b462fb

 

Fosfatidilcolina: ajuda a liberar e  eliminar a gordura do interior da célula, é uma lipoproteína que atua facilitando o trabalho das enzimas cuja função é degradar os lipídeos presentes na membrana celular. A fosfatidilcolina tem o nome comercial do tão famoso lipostabil.

c1234b68-8909-49ec-8220-c08d80d0c74d

Esses são alguns dos muitos princípios ativos que podemos utilizar nos cremes de massagem, e promovendo a massagem modeladora com aquecimento e movimentos intensos estaremos aumentando a permeação desses eficientes ativos.

 

Massagem modeladora associada a outras técnicas.

São várias as técnicas utilizadas com a massagem modeladora, podemos montar muitos protocolos utilizando esta técnica.

Como por exemplo, a termoterapia é muito bem vinda após a massagem modeladora para promover diminuição no acumulo de líquidos.

Ataduras gessadas logo após a massagem  terão um bom efeito lifting.

Para quem possui aparelhos, como: ultrassom, corrente russa, endermologia e rádio frequência também poderão montar protocolos juntamente com a massagem modeladora.

 

Benefícios da massagem modeladora

A massagem é feita nas áreas do corpo onde a gordura se acumula, afim de atuar na diminuição de medidas, aumentando a temperatura corporal local favorecendo assim a  aceleração do metabolismo celular.

Este tratamento manual é realizado com muita pressão para alcançar as camadas mais profundas onde se acumulam nódulos gordurosos. A massagem é realizada nas áreas de celulite e reduz a aparência da pele de “casca de laranja”.

Após apenas uma sessão, a cliente já sente os resultados, no entanto, a massagem deve ser realizada com frequência.

 

Como é feito o procedimento da massagem modeladora?

É realizado localmente na área onde você quer trabalhar, principalmente nos quadris, coxas, nádegas, cintura, abdômen e braços.

O resultado desejado é alcançado por certos movimentos, que afetam a camada adiposa e ativam processos metabólicos.

Além disso, estimula o desenvolvimento de colágeno e elastina e favorece o aumento da circulação sanguínea.

Os movimentos realizados são: amassamentos, deslizamentos profundos, deslizamentos com os punhos e pinçamentos.

 

Cuidados ao realizar a massagem modeladora

É de suma importância um bom preenchimento da ficha de anamnese para saber se a cliente não se encaixa em qualquer contraindicação.

Os movimentos são bruscos, profundos e repetitivos, porém, é inadmissível a provocação de hematomas, não poderá ocorrer extravasamento interno de capilares sanguíneos.

Esta massagem não requer força e sim pressão das mãos e rapidez nos movimentos.

 

Orientações para o tratamento corporal com massagem modeladora

Cuidados com a Massagem Modeladora

É muito importante que a profissional deixe a cliente ciente de que a massagem modeladora ajuda no processo de emagrecimento e perda de medidas, mas a colaboração para o sucesso do tratamento é fundamental.

Atividades físicas, uma boa alimentação e um produto cosmético home care trarão resultados positivos para o tratamento.

 

Recomendações

Não esqueça de realizar a biometria e avaliação antes de iniciar o tratamento com massagem modeladora e bem como tirar algumas fotos se a cliente assim permitir para acompanhar a evolução do tratamento.

Se você quiser saber mais e aprender muitas dicas utilizando a massagem modeladora, venha fazer parte da nossa turma do curso online de lipoescultura manual.

São muitos módulos, e neste curso você irá aprender a fazer avaliação física, biometria, massagem modeladora, termoterapia, protocolo para afinar a cintura, vai aprender um protocolo super bacana para dar um Up no bumbum e ainda, materiais de apoios como muitas fichas que te ajudarão na vida profissional e ganhará como bônus uma aula sobre o procedimento de lipoescultura com gesso.

São vídeo aulas gravadas em alta qualidade e definição onde eu explico passo a passo todos os movimentos e ainda aulas sobre os ativos cosméticos e sugestões de produtos utilizados nos procedimentos.

E ainda, temos grupos no facebook e whatsapp para todas as dúvidas e trocas de experiências profissionais.

Não perca tempo, acesse agora o link e efetue a sua matrícula!

Clique aqui https://www.esteticistacomovoce.com.br/lipoescultura-manual/ ou na imagem abaixo:

Curso Lipoescultura Manual