Limpeza de Pele - Esteticista Como Você

Category Archives for Limpeza de Pele

Acne na idade adulta. Por que isso acontece?

A acne pode ser particularmente frustrante para adultos. Um
tratamento que pode ter funcionado bem na adolescência, pode ser inútil ou até
piorar a acne quando chega a idade adulta.

Razões para acne adulta

Sim, os adultos têm acne. Alguns adultos continuam a ter
acne até os 30, 40 e até 50 anos. É ainda possível ter acne pela primeira vez
quando adulto. Os dermatologistas chamam isso de “acne de início
adulto”. É mais comum entre mulheres que passam pela menopausa.

As mulheres tendem a ter acne adulta com mais frequência do
que os homens, principalmente por motivos hormonais.

Quando acontecem níveis flutuantes de hormônios:  um desequilíbrio pode levar a surtos.

Acne na idade adulta. Por que isso acontece? 1

As mulheres costumam experimentar desequilíbrios hormonais
durante a menstruação, durante a gestação, climatério e menopausa. 

Após o início das pílulas anticoncepcionais ou ao final
delas, também podem ocorrer desequilíbrios hormonais ao ponto de causar acne e
até manchas na pele.  

Pode ocorrer também um desequilíbrio por causa da síndrome
do ovário policístico, que é um distúrbio endócrino provocado por alterações
hormonais que formam cistos nos ovários.

E o que os pesquisadores descobriram em relação ao
estresse com os surtos de acne?

Em resposta ao estresse, nosso corpo produz mais andrógenos
(um tipo de hormônio). Esses hormônios estimulam as glândulas sebáceas e os
folículos capilares da pele, o que pode levar à acne. Isso explica por que a
acne pode ser um problema contínuo quando nos encontramos sob estresse
constante.

E quanto ao histórico familiar?

Um parente próximo de sangue, como um pai, irmão ou irmã,
tem acne?

Resultados de pesquisas sugerem que algumas pessoas podem
ter uma predisposição genética para acne. Pessoas que têm essa predisposição possuem
maior probabilidade de ter acne quando adulta.

Produtos para os cuidados com a pele: 

Pessoas que tem problemas com acne quando adultas precisam
sempre verificar os rótulos dos produtos.

É necessário conter os seguintes termos:

Não comedogênico

Sem óleo

Oil free

Não obstrui os poros

Efeito mate

Se o produto hidratante, tônico, protetor solar, nutritivo e
todos os outros produtos contenham um desses termos. É menos provável que esses
produtos causem acne.

Efeito colateral da medicação.

Acne na idade adulta. Por que isso acontece? 2

A acne pode ser um efeito colateral de alguns medicamentos.

Se a pessoa suspeitar que um medicamento está provocando
acne ou piorando, é preciso continuar tomando o medicamento, mas é primordial
conversar com o médico que o prescreveu.

É sempre bom perguntar se a acne é um possível efeito
colateral e se pode substituir por algum outro com o mesmo objetivo.

Se não for possível tomar outro medicamento, é importante
fazer sempre uma limpeza de pele e um tratamento estético para o controle.

Condição médica não diagnosticada:

Às vezes, a acne é um sinal de uma condição de alguma doença
não tratada. Uma vez que a condição médica é diagnosticada e tratada, a acne
geralmente desaparece.  

Tratamentos eficazes para acne adulta:

Acne na idade adulta. Por que isso acontece? 3

O ideal é fazer uma limpeza de pele uma vez ao mês associada
a aplicação de peeling com ácido salicílico 10% a cada 15 dias, finalizando com
máscara de argila verde.

Ocorre descamação sem agredir demasiadamente a pele.

Em casa a cliente pode aplicar vitamina c pela manhã e à
noite, para nutrir, clarear e regenerar a pele.

O uso de uma loção adstringente e filtro solar sem
oleosidade todos os dias é fundamental.

Para conhecer diversos tipos de limpeza de pele e o
protocolo com ácido salicílico, clique no link baixo e aproveite o preço
promocional para tratar inúmeras clientes com problemas de acne.

Você pode iniciar hoje mesmo!

https://www.esteticistacomovoce.com.br/matriculas-limpeza-pele-2018/?src=cursos

Como cuidar da Pele Seca

Possuir pele seca normalmente não é um problema grave, mas afeta a autoestima das pessoas, já que deixa a pele com uma aparência opaca e áspera, e em alguns casos, esbranquiçada e com rachaduras.

Veja neste artigo os principais fatores que desencadeiam o ressecamento da pele e quais os tratamentos para voltar a ter uma pele saudável, confira:

O Que causa a pele seca?

A pele seca é resultado da falta de hidratação da epiderme – camada mais superficial da pele – que apresenta uma quantidade de água abaixo do normal, além de uma redução nos óleos e lubrificantes naturais da pele.

Homens e mulheres são igualmente afetados pelo ressecamento, mas a incidência tende a ser maior em idosos, já que a oleosidade da pele e a produção de colágeno tendem a diminuir com a idade.

Pode atingir o corpo inteiro, mas as áreas que costumam ser mais afetadas são as mãos, braços e a parte inferior das pernas.

As causas do ressecamento estão associadas ao lugar onde a pessoa vive e à sua rotina, pois fatores como umidade do ar, clima e hábitos influenciam na hidratação natural da pele.

Veja as principais causas:

  • Temperaturas muito baixas, tanto que a pele costuma ficar mais seca no inverno, quando a temperatura e a umidade caem;
  • Temperaturas muito altas somadas à baixa umidade do ar, típica de regiões desérticas;
  • Exposição a ambientes muito quentes, como incêndios, fogueiras, locais com fogão à lenha, lareira, aquecedor central ou elétrico, pois reduzem a umidade do ar;
  • Banhos longos e com água muito quente;
  • Exposição prolongada à água, principalmente em piscinas, onde, normalmente há cloro;
  • Manipulação de produtos químicos e de limpeza, como detergente, por exemplo;
  • Uso de sabonetes e desodorantes de limpeza profunda ou antissépticos;
  • Exposição constante ao ar condicionado;
  • Exposição ao sol sem proteção;
  • Não beber água, ou tomar quantidades insuficientes.

Além das causas citadas acima, a pele ressecada pode surgir como sintoma de algumas doenças e condições, como dermatites, psoríase e diabetes.

Também pode ser resultante do envelhecimento e de alterações hormonais ligadas à tireoide e à menopausa. O ressecamento também pode ser um efeito colateral associado do uso de medicamentos diuréticos e medicamentos para baixar o colesterol contendo estatinas.

Produtos ideais para hidratar a pele

Como cuidar da Pele Seca 4

Uma das dificuldades das pessoas está em escolher produtos adequados para promoverem a hidratação da pele seca, não só da face, mas das mãos, dos pés e do corpo em geral.

A questão é que um produto que é eficaz para uma pessoa, talvez não seja o ideal para outra. Por isso se reforça a necessidade de buscar a ajuda de um especialista para indicar os melhores produtos para a sua pele.

Alguns tipos de pele necessitam de formulações mais gordurosas, como, por exemplo, os idosos.

Existem também cremes direcionados para cada região, como para os pés, que apresentam por exemplo, uma concentração maior de ureia.

Conheça seu Tipo de pele

Como cuidar da Pele Seca 5

Pele normal
É muito raro encontrarmos uma pele normal, pois geralmente só as crianças que apresentam essas características:

O aspecto é matte, poros raramente visíveis, não é muito sensível e nem apresenta vermelhidão ou acne – os tipos normais de pele geralmente exibem poucas linhas e rugas, e o tom da pele é geralmente uniforme, sem manchas acentuadas;

Pele seca
menos elasticidade, pode haver manchas, descamação ou vermelhidão – aqueles com pele seca geralmente têm poros quase invisíveis e podem sofrer de rugas prematuras e irritação regular na pele;

Pele oleosa
apresenta poros dilatados e visíveis – se você tem pele oleosa pode notar uma grande quantidade de brilho constantemente e lidar com a acne e cravos;

Pele mista
normalmente apresenta pele seca e escamosa em partes do rosto e possuem excesso de óleo em outras – muitos erroneamente acreditam, que têm pele oleosa, quando na verdade, têm o tipo de pele combinada;

Pele sensível
pode apresentar as características de pele seca, oleosa ou mista, mas também lida com uma grande quantidade de vermelhidão, irritação e sensibilidade a produtos;

Pele seca x Pele Desidratada

A pele seca é uma pele que sofre de falta de produção de óleo natural e seu problema é nas camadas mais superficiais da pele. A “hidratação” de uma pele seca consiste em tratar essa produção errada de óleo com mais produção de óleo pelas glândulas sebáceas, ou aplicando exteriormente os cremes hidratantes para repor.

A pele desidratada é uma pele que sofre de falta de água e seu problema é nas camadas mais profundas da pele. A hidratação de uma pele desidratada consiste em ingerir mais água e reter a hidratação com produtos de absorção mais profunda, como séruns ou cremes por exemplo.

Vale lembrar que a nossa pele absorve produtos aquosos mais facilmente e rapidamente do que em cremes, então os produtos devem ser aplicados na pele partindo do mais líquido e fino possível para o mais consistente.

Temos disponíveis produtos que são em séruns, loções ou gel creme para facilitar a absorção pela pele.

O ácido hialurônico é um potente aliado, pois promove hidratação profunda.

Glicerina, mel e ureia são outros potentes princípios ativos importantes para a reposição de umidade na pele.

Esses princípios ativos são chamados de umectantes, que ajudam a reter a umidade e hidratação e alcançam camadas mais profundas na absorção. Caso a pele seja seca, pode optar por finalizar a rotina de beleza com óleos naturais (argan, abacate e coco são óleos super ricos) e cremes mais pesados.

Importante ressaltar que a hidratação é essencial para todo tipo de pele, incluindo as oleosas. Ter uma pele oleosa, que produz óleo excessivo, não quer dizer que ela esteja hidratada! Use produtos à base de água, com texturas mais leves e ingredientes altamente hidratantes para prevenir desidratação.

 

Procedimentos importantes para o dia a dia

Passo 1: Higienização da pele

Escolha um sabonete adequado a cada tipo de pele e, com água em temperatura ambiente ou no máximo a 37°C (a temperatura do corpo), lave o rosto. Testa, nariz, região entre os olhos, têmporas, bochechas, nariz, região entre o nariz os lábios e queixo. Não deixe nenhum pedacinho de fora.

É muito importante que se a pele for oleosa, é preciso lavar o rosto sempre com água fria, pois a água quente acelera a produção de sebo.

Enxague bem o rosto, tirando toda a espuma e todos os resíduos do sabonete. Seque com uma toalha macia, para não machucar a pele.

Passo 2: Tonificar

A tonificação também deve aplicada com o tônico adequado para cada tipo de pele.

Essa etapa é importante para equilibrar o ph da pele, remover resíduos do sabonete e serve como auxiliar no tratamento.

Todas as peles precisam de hidratação, mesmo as oleosas.

Passo 3: Hidratar

Escolha um hidratante adequado para o seu tipo de pele (esta informação costuma estar bem visível no rótulo ou na embalagem do produto) e o aplique em todo o rosto.

Pode ser em creme, loção, sérum ou gel.

Passo 3: Proteger/tratar

Para finalizar a rotina em casa, aplique protetor solar específico para o rosto, dependendo do tipo de pele.

Não se deve usar o protetor solar para o corpo no rosto de jeito nenhum, porque é pesado e acaba deixando a pele opaca e oleosa.

O protetor solar evita a ação dos raios UVA e UVB e previne tanto o câncer de pele quanto o envelhecimento precoce. Este passo não pode ser pulado nem se estiver nublado e chovendo lá fora, pois, os raios ultravioletas ultrapassam as nuvens independentemente do clima, causando os mesmos estragos no calor e no frio, sem dizer os raios das lâmpadas fluorescentes e do computador que causam foto envelhecimento.

À noite, a finalização é com um produto para tratamento. Ele pode ter a finalidade que você achar melhor: ser super hidratante, produzir efeito lifting para flacidez, ser atenuador de linhas de expressão… as opções são muitas.

Gostou do artigo? Deixe seus comentários abaixo.

Se quiser conhecer o meu Curso Online de Limpeza de Pele onde eu ensino diversas técnicas diferentes e vários protocolos, clique no link abaixo.

» MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O CURSO

 


Eu ofereço diversos Cursos de Estética, são cursos de qualificação profissional com avaliação e certificado entregue na sua casa. Para conhecer todos os cursos e também os preços e condições de pagamento, basta acessar o link abaixo.

Como funciona a Limpeza de Pele sem Dor

Se você quer aplicar uma limpeza de pele diferenciada que não causa dor e que remove todos os comedões brancos que muitas vezes não são visíveis, a melhor maneira é oferecer um método simples e eficaz.

Você irá conhecer agora uma maneira de aplicar a limpeza de pele sem dor que não deixa marcas na pele e é ideal para pessoas sensíveis ao método da limpeza de pele tradicional.

Eu escrevi este artigo para te mostras a respeito dos benefícios da limpeza de pele sem dor.

Continue acompanhando até o final e tenha uma boa leitura!

 

Turmalina Negra

Como funciona a Limpeza de Pele sem Dor 6

O principal ingrediente utilizado nos produtos para aplicação da limpeza de pele sem dor é a turmalina negra, que é uma pedra semi – preciosa de proteção energética.

Os benefícios da turmalina negra nos produtos são inúmeros, incluindo: promove eliminação de toxinas e propicia uma renovação celular, é antisséptico, bactericida e atua no rejuvenescimento da pele.

Além da turmalina, a máscara utilizada na limpeza de pele sem dor contém albumina.

Albumina

 

Como funciona a Limpeza de Pele sem Dor 7

Albumina é uma proteína de alto valor biológico e de boa absorção pelo organismo, auxilia contra flacidez pode ser usada como máscara tensora e condicionadora da pele, auxilia na hidratação e na nutrição da pele.

Melhora o metabolismo celular, promove recuperação da pele e auxilia no processo de cicatrização, sendo ideal para qualquer tipo de pele, inclusive para uma pele acneica.

Além desses, muitos outros ativos importantes para os cuidados com a pele são encontrados nos produtos.

 

Ideal para pessoas com maior sensibilidade a dor

Essa limpeza de pele é ideal para peles muito jovens e para peles masculinas que são pessoas que possuem maior sensibilidade a dor.

É ótima opção também para pessoas da terceira idade que apresentam um afinamento da pele muito grande se mostrando sensível demais na limpeza de pele profunda.

Pode ser aplicada em gestantes, pois não necessita de qualquer aparelho e não oferece riscos a saúde.

O único cuidado necessário a ser tomado é se atentar na hora do preenchimento da ficha de anamnese se a(o) cliente possui alergia a ovos, já que a albumina vem do ovo.

A limpeza de pele sem dor pode ser usada também num protocolo para promoção de um mini lift, devido ao efeito tensor provocado pela máscara.

 

Um tratamento diferenciado

Por ser uma limpeza de pele diferenciada, a(o) profissional pode realizar um marketing muito forte na divulgação desse método, oferecendo um tratamento personalizado com os seguintes títulos: “Limpeza de pele sem dor” ou “Limpeza de pele com turmalina”.

São dois nomes que chamam bastante a atenção do público interessado em cuidar da pele, saúde e da beleza.

E se você deseja aumentar o seu leque de serviços estéticos e quer oferecer um diferencial para os seus clientes, venha conhecer o curso completo de limpeza de pele – O guia definitivo,  que além do passo a passo da limpeza de pele sem dor, você vai ter acesso a descontos especiais de aluna(o) na aquisição dos produtos e ainda vai aprender muitas outras técnicas para a aplicação de vários tipos de  limpeza de pele diferentes.

Para saber mais a respeito clique no link abaixo. Aproveite o valor promocional de lançamento e se inscreva!

Como funciona a Limpeza de Pele sem Dor 8

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O CURSO COMPLETO

Cuidados com a pele oleosa

Os cuidados com a pele do corpo – principalmente a do rosto – precisam ser redobrados em todos os momentos e não apenas em algumas estações. As pessoas costumam cometer grandes erros no momento de tratar a sua pele e por isso acabam desenvolvendo os diferentes problemas que prejudicam a sua aparência. A pele deve passar por processos de higiene e hidratação diária para que se manter saudável – e o mesmo ocorre com a pele oleosa.

Ao contrário do que as pessoas pensam a pele oleosa também precisa ter o cuidado diário com higiene e outros aspectos que se mostram necessários. Esse cuidado permite o controle na proliferação de pústulas e comedões que são características desse tipo de pele. Confira o texto abaixo para que se informe dos principais cuidados necessários.

As pessoas que possuem oleosidade acreditam que o melhor seria evitar ao máximo o contato com alguns produtos – o que é um erro. É necessário realizar um tratamento específico e promover cuidados que sejam capazes de auxiliar na
diminuição da oleosidade. Entre esses cuidados acrescente a necessidade de realizar uma higienização que seja completa todos os dias.

A higienização na verdade é o primeiro cuidado para o controle seborreico e além disso, é fundamental realizar tratamentos de hidratação.

A hidratação se torna crucial, porém às vezes as pessoas confundem a oleosidade da pele com os excessos de hidratação. Na verdade a pele caracterizada como oleosa pode desenvolver essa consistência por não ter uma hidratação que seja ideal a mesma. Com isso ela começa a desenvolver a oleosidade além do normal com intuito de nutri-la. Sendo assim a pele oleosa também pode necessitar dos tratamentos específicos para que promova uma hidratação correta.
Confira abaixo alguns cuidados diários que pode realizar para ajudar a pele a diminuir os efeitos. Realize todos os cuidados.

 

Promova a Higiene na medida certa: A higiene diária se torna algo crucial e inclusive obrigatória. Se deseja eliminar os efeitos da pele oleosa deverá usar sabonetes ideais para diminuição da oleosidade, como por exemplo: glicerina,
coco, com ácido salicílico, enxofre, própolis dentre outros. Dê preferência aos sabonetes em forma líquida que possuem menos sódio em sua composição. Lave sempre com água fria para que ocorra o fechamento dos poros e logo em seguida utilize loção Tônica adstringente.

Não se esqueça de hidratar a sua pele com frequência: Utilize cosméticos ou cosmecêuticos em forma de séruns ou géis específicos para a pele oleosa, assim alcançará a nutição necessária sem ter que aumentar a oleosidade.

Use produtos fotoprotetores a todo momento: Não basta limpar ou fazer a hidratação da pele se você a mantêm expostas aos raios ultravioletas e as outras radiações. Use produtos que possua a fotoproteção adequada a sua pele, também pode ser em forma de gel, sérum ou oil free, que evita o surgimento de manchas ou a diminuição das defesas naturais.