Protocolos - Esteticista Como Você

Category Archives for Protocolos

Acne na idade adulta. Por que isso acontece?

A acne pode ser particularmente frustrante para adultos. Um
tratamento que pode ter funcionado bem na adolescência, pode ser inútil ou até
piorar a acne quando chega a idade adulta.

Razões para acne adulta

Sim, os adultos têm acne. Alguns adultos continuam a ter
acne até os 30, 40 e até 50 anos. É ainda possível ter acne pela primeira vez
quando adulto. Os dermatologistas chamam isso de “acne de início
adulto”. É mais comum entre mulheres que passam pela menopausa.

As mulheres tendem a ter acne adulta com mais frequência do
que os homens, principalmente por motivos hormonais.

Quando acontecem níveis flutuantes de hormônios:  um desequilíbrio pode levar a surtos.

Acne na idade adulta. Por que isso acontece? 1

As mulheres costumam experimentar desequilíbrios hormonais
durante a menstruação, durante a gestação, climatério e menopausa. 

Após o início das pílulas anticoncepcionais ou ao final
delas, também podem ocorrer desequilíbrios hormonais ao ponto de causar acne e
até manchas na pele.  

Pode ocorrer também um desequilíbrio por causa da síndrome
do ovário policístico, que é um distúrbio endócrino provocado por alterações
hormonais que formam cistos nos ovários.

E o que os pesquisadores descobriram em relação ao
estresse com os surtos de acne?

Em resposta ao estresse, nosso corpo produz mais andrógenos
(um tipo de hormônio). Esses hormônios estimulam as glândulas sebáceas e os
folículos capilares da pele, o que pode levar à acne. Isso explica por que a
acne pode ser um problema contínuo quando nos encontramos sob estresse
constante.

E quanto ao histórico familiar?

Um parente próximo de sangue, como um pai, irmão ou irmã,
tem acne?

Resultados de pesquisas sugerem que algumas pessoas podem
ter uma predisposição genética para acne. Pessoas que têm essa predisposição possuem
maior probabilidade de ter acne quando adulta.

Produtos para os cuidados com a pele: 

Pessoas que tem problemas com acne quando adultas precisam
sempre verificar os rótulos dos produtos.

É necessário conter os seguintes termos:

Não comedogênico

Sem óleo

Oil free

Não obstrui os poros

Efeito mate

Se o produto hidratante, tônico, protetor solar, nutritivo e
todos os outros produtos contenham um desses termos. É menos provável que esses
produtos causem acne.

Efeito colateral da medicação.

Acne na idade adulta. Por que isso acontece? 2

A acne pode ser um efeito colateral de alguns medicamentos.

Se a pessoa suspeitar que um medicamento está provocando
acne ou piorando, é preciso continuar tomando o medicamento, mas é primordial
conversar com o médico que o prescreveu.

É sempre bom perguntar se a acne é um possível efeito
colateral e se pode substituir por algum outro com o mesmo objetivo.

Se não for possível tomar outro medicamento, é importante
fazer sempre uma limpeza de pele e um tratamento estético para o controle.

Condição médica não diagnosticada:

Às vezes, a acne é um sinal de uma condição de alguma doença
não tratada. Uma vez que a condição médica é diagnosticada e tratada, a acne
geralmente desaparece.  

Tratamentos eficazes para acne adulta:

Acne na idade adulta. Por que isso acontece? 3

O ideal é fazer uma limpeza de pele uma vez ao mês associada
a aplicação de peeling com ácido salicílico 10% a cada 15 dias, finalizando com
máscara de argila verde.

Ocorre descamação sem agredir demasiadamente a pele.

Em casa a cliente pode aplicar vitamina c pela manhã e à
noite, para nutrir, clarear e regenerar a pele.

O uso de uma loção adstringente e filtro solar sem
oleosidade todos os dias é fundamental.

Para conhecer diversos tipos de limpeza de pele e o
protocolo com ácido salicílico, clique no link baixo e aproveite o preço
promocional para tratar inúmeras clientes com problemas de acne.

Você pode iniciar hoje mesmo!

https://www.esteticistacomovoce.com.br/matriculas-limpeza-pele-2018/?src=cursos

O que é Diástase Abdominal

Diástase abdominal significa que o volume abdominal se sobressai porque o espaço entre os músculos da barriga esquerda e direita aumentou.

É muito comum acontecer logo após o parto. Cerca de dois terços das mulheres que tiveram filhos têm esse problema.

Bebês recém-nascidos também podem ter esse abdome separado devido ao estado de formação do corpo, e esse problema deve desaparecer por conta própria.  Nos homens, é comum quando tem aumento e diminuição de peso, o famoso efeito sanfona, levantamento de peso da maneira errada, ou por outras causas.

Ter mais de um filho torna essa condição mais provável, especialmente se eles tiverem uma idade próxima. Quando a mulher possui mais de 35 anos as chances de ter uma diástase abdominal aumenta ainda mais se ela estiver grávida de um bebê pesado ou de gêmeos, trigêmeos ou mais.

Gravidez coloca tanta pressão sobre a barriga que às vezes os músculos da frente não podem manter sua forma. “Diástase” significa separação. “Retos” refere-se aos seus músculos abdominais chamados de “reto abdominal”.

Diástase Abdominal

Quando os músculos abdominais se movem para o lado, o útero, os intestinos e outros órgãos têm apenas uma fina faixa de tecido conjuntivo na frente para mantê-los no lugar. Sem o suporte muscular necessário, um parto vaginal poderia ser mais difícil.

A condição de ter uma diástase abdominal também pode causar dor lombar, constipação intestinal e vazamento de urina. Pode até dificultar a respiração e a movimentação normal. É raro, mas em casos extremos, o tecido pode se romper e órgãos podem sair pela abertura do umbigo, isso é chamado de hérnia.

A abertura muscular muitas vezes encolhe após o parto, mas em alguns estudos de mulheres com diástase, o músculo não voltou ao normal, mesmo um ano depois.

 

Cuidados a serem tomados

A pessoa que sofre com a diástase abdominal não pode se esforçar para não piorar a situação.

Prisão de ventre e levantar coisas pesadas, incluindo carregar os filhos pode aumentar o espaço entre os músculos abdominais.

É importante tomar cuidado ao sentar-se e levanta-se, porque o peso corporal influencia.

Quando a mulher está prestes a dar à luz como parto normal, o esforço de empurrar o bebê para baixo é muito grande e essa ação colocar uma grande pressão sobre o tecido do abdome fraco.

É importante ter cuidado com o exercício. Alguns movimentos rotineiros feitos na academia, incluindo abdominais, flexões e pranchas, pioram a separação abdominal.

Os exercícios mais indicados para quem tem diástase abdominal são:

Natação, ioga e hidroginástica.

Algumas pesquisas encontraram sucesso com a técnica Tupler. Envolve certos exercícios feitos enquanto usa uma tala de barriga, que protege e mantém os músculos abdominais juntos.

O que é Diástase Abdominal 4

Quando o tecido conjuntivo estiver curado, alguns exercícios de Pilates ou outros exercícios podem ajudar a fortalecer e ter os músculos abdominais transversais (núcleo profundo) em vez dos externos.

Nem todos os movimentos de Pilates ou de fortalecimento são bons durante a gravidez, portanto, é necessário trabalhar com um treinador que saiba o que significa diástase abdominal.

O melhor momento para a mulher aumentar o tônus muscular abdominal e ganhar força é antes de engravidar.

Antes de iniciar qualquer exercício durante ou após a gravidez, é preciso perguntar a um especialista quais são os melhores exercícios para praticar dentro do limite.

 

Tratamento

Quando a separação dos músculos abdominais não é muito grande, pode-se decidir viver com ela. Mas é necessário juntar os músculos antes de uma próxima gravidez.

O médico pode medir a que distância os músculos estão um do outro usando larguras dos dedos, uma fita métrica, instrumento ou exame com o ultrassom. Dessa forma é possível verificar se está melhorando ou piorando a situação.

A reabilitação pode ser feita com a ajuda de fisioterapia.

Se essa reabilitação não funcionar para você, talvez a cirurgia o faça. Uma operação indicada para corrigir a diástase é a abdominoplastia.  O cirurgião costura a musculatura.

Pode ser possível fazer uma laparoscopia, que é uma cirurgia feita apenas com pequenos cortes em vez de um grande. Cicatrizes, infecções e outros efeitos colaterais são possíveis em qualquer tipo de cirurgia.

Em qualquer pós-operatório, é necessário realizar procedimentos como drenagem linfática e uso do ultrassom para acelerar o processo cicatricial, evitar fibroses e trazer bem-estar para as clientes.  Você pode ver mais a respeito de técnicas de pós-operatório em https://www.esteticistacomovoce.com.br/matriculas-drenagem-linfatica

O que é Alopecia ou Calvície e como tratar

O que é alopecia?

Alopecia é o nome científico para diagnosticar a calvície. Vale lembrar que não somente homens, como também mulheres sofrem com esse terrível problema.

Então vamos entender o que é alopecia?

A alopecia, popularmente chamada de calvície, é o processo de perda de cabelos.

A perda pode ser gradual ou progressiva e pode ser causado por fatores genéticos ou hormonais.

A alopecia androgênica ou androgenética é a causa mais comum de perda de cabelo em ambos os sexos.

Nos homens, os efeitos hormonais ocorrem devido às mudanças químicas da testosterona.

Ocorrem mudanças nos fios de cabelo, tornando-se mais finos e ralos e a queda é uma consequência desse processo.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, alopecia androgenética, ou calvície, é uma forma de queda de cabelos geneticamente determinada

 

Alopecia Androgênica

Alopecia Androgênica

Na calvície masculina, a perda dos cabelos geralmente ocorre na parte superior e frontal da cabeça.

A idade de início geralmente ocorre dos 30 a 40 anos, mas a queda de cabelo começa imediatamente após a puberdade e continua progressivamente.

Pode afetar como consequência o psicológico e a vida social do indivíduo.

Relatos de experiências tem constatado que a alopecia androgênica ocorre na maior parte em brancos do que em negros ou asiáticos, viu só quanta coisa podemos falar para explicar o que é alopecia?

 

Alopecia feminina

Alopecia Feminina

Já nas mulheres ocorrem em consequência da menopausa.

Nas mulheres, a queda se relaciona com a diminuição da produção dos níveis de estrogênio que é o hormônio responsável por ajudar o cabelo a crescer mais depressa e a manter-se no couro cabeludo durante mais tempo.

Apesar da alta frequência da doença e da relevância do seu impacto psicológico, sua patogênese ainda não é totalmente compreendida, sendo influenciada por fatores genéticos, hormonais e ambientais. Além disso, a resposta ao tratamento é variável.

A alopecia também pode ocorrer devido a fatores psicológicos, como o estresse por exemplo.

Em geral, a alopecia feminina tem seu início durante os anos reprodutivos. Casos mais graves da doença já são perceptíveis na puberdade. No entanto, há uma demanda maior de tratamento entre pacientes com idade entre 25 e 40 anos.

Há um segundo pico de incidência na menopausa, entre 50 e 60 anos de idade.

Como a doença tem um curso lento e progressivo, estudos que consideram apenas critérios clínicos geralmente identificam casos com redução acentuada do volume capilar e mostram pequena prevalência entre as jovens.

Nas mulheres com alopecia androgênica, a extensão da perda de cabelo é geralmente menor do que nos homens, por isso é tão importante você entender o que é alopecia.

 

Alopecia Areata

Alopecia Areata

Há um outro tipo de calvície chamada alopecia Areata, trata-se de um tipo de calvície que perde os cabelos ou pelos em áreas arredondadas ou ovais do couro cabeludo ou de outras partes do corpo.

Em alguns casos, pode haver perda total de todos os pelos do corpo, inclusive cílios.

É uma doença autoimune que não tem cura, com a ajuda de um tratamento médico é possível promover uma certa melhora, normalmente toma-se corticoides para este caso.

As células de defesa do corpo atacam o sistema imunológico inflamando os folículos pilosos fazendo com que eles caiam.

O paciente nota a perda dos cabelos rapidamente e como se trata de uma doença autoimune, não tem como prevenir.

É importante que as pessoas que sofrem com a alopecia areata procurem uma ajuda psicológica, além do tratamento.

 

Calvície de padrão masculino

Calvície de Padrão Masculino

 

Observe na imagem a classificação da calvície masculina.

Em 2011, uma nova classificação conhecida como BASP (basic e speficic) foi desenvolvida por Lee.

O objetivo de Lee era desenvolver uma escala unificada, que fosse fácil de lembrar e aplicar e pudesse ser usada em vários tipos de apresentação de calvície em homens e mulheres.

As formas básicas são representadas pela forma da linha de implantação do cabelo anterior.

As características específicas referem-se à densidade do cabelo em diferentes áreas (frontal e vértice).

A classificação final depende da combinação de formas básicas e específicas.

 

 

Calvície de padrão feminino

Calvície de Padrão Feminino

Classificação foi feita segundo Sinclair, adaptado em 2005.

A classificação é dividida em quatro níveis de intensidade com base no couro cabeludo normal da direita para a esquerda.

 

Tratamento

Tratamento para Calvície

 

Se a calvície for muito vasta, que apresenta a pele muito lisa, brilhante e ou apresenta-se muito antiga, os resultados poderão ser mínimos com o tratamento, porém, uma excelente alternativa para a diminuição da alopecia é a aplicação de Microagulhamento com fatores de crescimento, Minoxidil ou outros ativos potencializadores do crescimento.

Pode-se aplicar o Dermaroller ou o Dermapen com o couro cabeludo limpo, deve ser feito com agulhas de 0,25 porque a pele do couro cabeludo é muito fina.

A recomendação é de 1 a 3 vezes por semana, dessa forma abre-se os canais para permear os princípios ativos que irão estimular o crescimento de novos fios de cabelos.

A essa penetração profunda de princípios ativos dá-se o nome de drug delivery.

É muito importante que o paciente continue usando shampoo antiqueda e loção para crescimento dos cabelos em casa, uma conversa e avaliação antes de aplicar o procedimento para não gerar falsas expectativas com o resultado é primordial.

A pessoa que receberá o tratamento deve estar ciente de que cada organismo responde de uma forma diferente, mas o Microagulhamento continua sendo o tratamento mais indicado e com melhores resultados para a alopecia.

Eu ofereço diversos Cursos de Estética, são cursos de qualificação profissional com avaliação e certificado entregue na sua casa. Para conhecer todos os cursos e também os preços e condições de pagamento, basta acessar o link abaixo.

Espero que esse artigo tenha te ajudado a entender o que é alopecia para que você possa auxiliar a sua clientela.

Para conhecer o Curso Online de Microagulhamento e também os outros cursos que eu ofereço, clique no botão abaixo.

Os Benefícios dos Óleos Essenciais

A Aromaterapia pode ser definida como  “o uso de óleos essenciais derivados de flores e plantas para curar e promover o bem-estar”  e foi descoberta há milhares de anos atrás.
Parece ter resistido ao teste do tempo: as empresas de cosméticos estão promovendo cada vez mais os benefícios da aromaterapia ou expandindo suas linhas para incorporar seus princípios.

Entre os benefícios da aromaterapia podemos citar: estimulação do sistema imunológico, alívio das dore musculares e tratamento da insônia. Também é muito utilizada para aliviar o estresse.

Um estudo de 2007 realizado nos EUA descobriu que quando os enfermeiros de emergência receberam massagens de aromaterapia assistidas por música de 15 minutos durante dois períodos de 12 semanas, eles experimentaram melhorias surpreendentes em seus níveis de estresse.

Como se beneficiar com os óleos essenciais

 Como se beneficiar com óleos essenciais

 

Para uma introdução básica à aromaterapia, considere estes cinco óleos essenciais para a sua saúde e bem-estar :

Lavanda para aliviar o stress , ajudar os problemas do sono, aliviar cólicas menstruais dolorosas e trabalhar como anti-séptico;
Cipreste para ajudar como diurético, levantar o seu humor e ajudar a reparar a pele oleosa;
Hortelã-Pimenta para elevar e rejuvenescer o corpo , reduzir dores de cabeça e acalmar náuseas;
Alecrim para estimular o crescimento do cabelo , aumentar a atividade mental e reduzir a dor;
Madeira de Cedro para melhorar problemas de pele, como acne e psoríase, e ajudar a aliviar o congestionamento.

Os óleos essenciais são normalmente inalados ou aplicados na pele com a mistura em Óleo vegetal, creme neutro ou um gel neutro.

O óleo essencial aplicado diretamente na pele pode ser tóxico ou provocar alergias e irritações.

 

Óleos essenciais ideais para peles sensíveis

Os benefícios dos óleos essenciais para peles sensíveis

 

Dois óleos essenciais que são menos propensos a causar irritação, efeitos colaterais ou possíveis reações alérgicas são:

Óleo de Melaleuca (um antifúngico, antiviral e anti-séptico)
Óleo de Lavanda (que pode ser usado em pequenas queimaduras e irritações na pele, reduzir o estresse ou ansiedade).

Os óleos essenciais são extremamente concentrados e puros, por isso apenas 2 a 3 gotas do óleo essencial misturados em 30 a 60 ml de óleo vegetal já são suficientes.

Algumas empresas já oferecem os óleos essenciais misturados ao óleo vegetal, são chamados de blends de óleos.

 

Aromaterapia para aliviar problemas emocionais

Aromaterapia para aliviar problemas emocionais

A aromaterapia é uma das formas mais ativas de medicina alternativa que combina massagem, benefícios emocionais e um bom odor.

A maioria dos clientes sofre de algum tipo de distúrbio relacionado ao estresse, e a aromaterapia estimula o processo de cura em grande parte por meio do relaxamento e do alívio do estresse.

O estresse também é um grande problema em hospitais, hospícios e lares para idosos e deficientes físicos ou mentais.

A Aromaterapia é bem-vinda pelos enfermeiros que querem estar mais próximos de seus pacientes e de médicos que podem encaminhar pacientes com transtornos relacionados ao estresse que não respondem a medicamentos convencionais.

O modo real de ação dos óleos essenciais in vivo ainda está longe de ser conhecido, embora haja fortes evidências in vitro de que os óleos essenciais podem agir como um agente antimicrobiano ou antioxidante ou ter um efeito farmacológico em vários tecidos.

Estudos mostraram que os óleos essenciais têm um efeito sobre as ondas cerebrais e também podem alterar o comportamento.

É possível que a maior parte do efeito dos óleos seja provavelmente transmitida através do cérebro através do sistema olfativo.

Usada profissionalmente e com segurança, a aromaterapia pode ser de grande benefício como adjuvante da medicina convencional ou usada simplesmente como um diferencial nos tratamentos estéticos.

 

Outros usos do óleo essencial

Outros usos dos óleos essencias

Óleos essenciais podem ser usados ​​na fabricação de loções caseiras, tônicos faciais, xampus, perfumes, sabonetes, gel de banho e outros produtos naturais.

Além disso, os óleos essenciais são frequentemente misturados por suas habilidades sinérgicas terapêuticas.

Se você sofre com insônia ou gostaria de melhorar a qualidade do seu sono, siga abaixo esta receita e tenha uma noite tranquila:

Receita de aromaterapia para curar insônia

Ingredientes

10 gotas de óleo essencial de camomila romana

5 gotas de óleo essencial de sálvia

5 gotas de óleo essencial de bergamota

 

Instruções

Misture bem os óleos em uma garrafa de vidro de cor escura e limpa.

Adicione apenas de 1 a 2 gotas a um lenço de papel e coloque-o dentro do travesseiro para ajudá-lo a adormecer.

Tenha cuidado onde você coloca o tecido dentro do seu travesseiro.

Não permita que os óleos essenciais entrem em contato direto com o rosto ou a pele.

Se você preferir fazer uma mistura de difusor que você goste antes de dormir, faça uma mistura com uma proporção de 2 gotas de camomila romana, 1 gota de sálvia e 1 gota de bergamota e adicione ao seu difusor.

Óleo essencial de lavanda também pode ajudar a proporcionar relaxamento e sonolência, mas usando mais de 2 gotas pode ter o efeito oposto.

Além disso, o mundo dos óleos essências é muito vasto e cheio de possibilidades.

Aproveite para acrescentá-los nos seus tratamentos estéticos.

Eu poderia mencionar muitas outras vantagens da aplicação dos Óleos Essenciais na Estética, mas acho que você já entendeu que é importante dominar essa técnica e entregar melhores resultados para as suas clientes.

Para descobrir esse mundo fantásticos dos Óleos Essenciais na Estética, eu te convido a conhecer o meu novo curso online:

O  Mundo dos Óleos Essenciais na Estética – clique na imagem abaixo

Curso Online de Óleos Essenciais

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O CURSO

 

A importância dos Ativos Tensores para Rugas e Flacidez

Se você está tratando clientes que apresentam rugas, linhas de expressão ou flacidez, ou ainda quer cuidar da sua própria pele, hoje em dia os laboratórios possuem tecnologia avançada na produção de ativos cosméticos que são capazes de reverter a idade da pele no uso tópico.

Para que o resultado seja satisfatório, é importante que os ativos tensores sejam aplicados de uma a duas vezes ao dia na pele limpa e tonificada. Pode ser manipulado ou um produto pronto, existem muitas empresas de produtos dermocosméticos que adicionam esses ativos nas suas formulações.

Os produtos ou formulações em séruns, fluído, gel ou gel creme possuem a capacidade de absorção maior pela pele, pois as moléculas são menores do que o creme.

A seguir você vai ler a respeito de cada um deles, aqui eu separei para você os ativos tensores mais utilizados do mercado. Leia a seguir:


DMAE

 

A importância dos Ativos Tensores para Rugas e Flacidez 5

Seu potencial rejuvenescedor foi descoberto nos Estados Unidos, onde era utilizado como medicamento em comprimido para tratar crianças hiperativas e adultos deprimidos.

Como efeito colateral, foi percebido que causava hipertonicidade do músculo cervical, origem das reclamações constantes de pacientes que sentiam repuxamento e rigidez no pescoço e pele do rosto, pálpebras e papadas. E desde então tem sido pesquisado sua ação como anti-aging.

Encontrado naturalmente em peixes como sardinha, anchova ou salmão o DMAE pode melhorar a aparência da pele, que por ação do envelhecimento possui rugas e sinais, aparentando estar “cedendo”, resultado não apenas dos danos dos radicais livres ao colágeno, mas também nos nervos e músculos debaixo da pele.

Os tônus e a contração do músculo são causados pela liberação dos neurotransmissores, especificamente acetilcolina, na junção neuromuscular. Uma vez que o envelhecimento começa, a quantidade de acetilcolina produzida e seu efeito no músculo ficam diminuídos. A única maneira de obter uma pele mais firme e músculos mais fortes é aumentando os níveis da acetilcolina no corpo.

 

Argireline

 

A importância dos Ativos Tensores para Rugas e Flacidez 6

Assim como a toxina botulínica, Argireline supostamente age evitando a liberação de neurotransmissores na junção neuromuscular, prevenindo e reduzindo as linhas e rugas de expressão causadas por movimentos repetitivos, mais especificamente as rugas ao redor dos olhos, lábios, nariz e testa.  Além disso, Argireline estimula o aumento do número de fibroblastos e otimiza a sua formação, reforçando ainda mais o combate ao envelhecimento cutâneo. Desta forma, Argireline garante, também, a reestruturação da pele.

Propriedades Argireline é um hexapeptídeo modulador da tensão muscular facial com comprovada atividade redutora de rugas e linhas de expressão, de forma natural e não invasiva. Os aminoácidos que compõem a cadeia hexapeptídica de Argireline são: ácido glutâmico, metionina e arginina.

O Argireline não altera a função dos músculos responsáveis pelos movimentos faciais, mantendo a naturalidade da expressão da face, além de deixar a pele elástica. Os fibroblastos presidem a formação das fibras da pele (fibras elásticas e fibras colágenas), e além disso, possuem atividade enzimática, o que é essencial para o perfeito metabolismo cutâneo.

Estimular a produção de fibroblastos é, portanto, fundamental para a obtenção de uma pele mais sadia, livre de rugas e linhas de expressão. Argireline tem esta propriedade, e por isso se mostra tão eficiente no combate aos sinais de envelhecimento da pele.

Pode ser utilizado em regiões onde não se pode aplicar a toxina botulínica (pescoço, base nasal, proximidade das orelhas), locais onde a injeção de Botox causaria dor.

 

Tensine

 

A importância dos Ativos Tensores para Rugas e Flacidez 7

Tensine é um agente tensor de origem vegetal, extraído das proteínas da semente do trigo.

Atua nas pequenas saliências alisando a superfície da pele. Os efeitos do Tensine incluem:   face brilhante, pele acetinada e boa fixação da maquiagem.

A eficiência cosmética de Tensine foi demonstrada pelo Laboratório Dermscam Lyon, observando o estrato córneo da pele após aplicação de Tensine.

Tensine apresenta a grande vantagem de exercer sua atividade tensora com efeito imediato, reduzindo o número e profundidade das rugas por algumas horas. Se aplicado por uso contínuo, promove efeito tensor prolongado.

 

Raffermine

 

A importância dos Ativos Tensores para Rugas e Flacidez 8

 É um agente firmador dérmico de origem vegetal, obtido do extrato hidrolisado de membranas de Glycine soya (soja), com alto conteúdo em glicoproteínas e polissacarídeos, que reestruturam a derme e confere efeito firmador imediato e prolongado.

O efeito firmador de longa duração ocorre por ação indireta, uma vez que é metabolizado como nutriente pelas células, mantendo a contração das fibras de colágeno por vários dias após sua aplicação.

Raffermine também otimiza a elasticidade cutânea, e reestrutura a derme organizando as fibras colágenas.

Raffermine é indicado para proporcionar efeito firmador (facial e corporal) a curto prazo e de longa duração em peles flácidas, envelhecidas prematuramente, agredidas ou com baixa elasticidade.

Pode ser aplicado em formulações para a área dos olhos, loções firmadoras para o corpo e rosto.

Bom, espero que você tenha gostado do artigo e logo abaixo deixo uma sugestão de fórmula antienvelhecimento.

 

Raffermine ………………………………………………………… 5%

Tensine ……………………………………………………………… 5%

DMAE ……………………………………………………………….. 5%

Argireline……………………………………………………………. 5%

Gel aristoflex ou oil free não pegajoso qsp……………… 30g

 

Se você ainda não participa dos meus cursos eu quero te dizer que além das aulas teóricas e práticas com procedimentos completos e comentados passo a passo, eu disponibilizo muitas fórmulas como essa que você encontrou nesse artigo, além de ajudar as alunas e alunos a criarem novas fórmulas, dessa forma você pode personalizar o tratamento para cada cliente.

Para conhecer todos os cursos que eu ofereço, acesse o link » www.esteticistacomovoce.com.br/cursos


Eu ofereço diversos Cursos de Estética, são cursos de qualificação profissional com avaliação e certificado entregue na sua casa. Para conhecer todos os cursos e também os preços e condições de pagamento, basta acessar o link abaixo.

Como cuidar da Pele Seca

Possuir pele seca normalmente não é um problema grave, mas afeta a autoestima das pessoas, já que deixa a pele com uma aparência opaca e áspera, e em alguns casos, esbranquiçada e com rachaduras.

Veja neste artigo os principais fatores que desencadeiam o ressecamento da pele e quais os tratamentos para voltar a ter uma pele saudável, confira:

O Que causa a pele seca?

A pele seca é resultado da falta de hidratação da epiderme – camada mais superficial da pele – que apresenta uma quantidade de água abaixo do normal, além de uma redução nos óleos e lubrificantes naturais da pele.

Homens e mulheres são igualmente afetados pelo ressecamento, mas a incidência tende a ser maior em idosos, já que a oleosidade da pele e a produção de colágeno tendem a diminuir com a idade.

Pode atingir o corpo inteiro, mas as áreas que costumam ser mais afetadas são as mãos, braços e a parte inferior das pernas.

As causas do ressecamento estão associadas ao lugar onde a pessoa vive e à sua rotina, pois fatores como umidade do ar, clima e hábitos influenciam na hidratação natural da pele.

Veja as principais causas:

  • Temperaturas muito baixas, tanto que a pele costuma ficar mais seca no inverno, quando a temperatura e a umidade caem;
  • Temperaturas muito altas somadas à baixa umidade do ar, típica de regiões desérticas;
  • Exposição a ambientes muito quentes, como incêndios, fogueiras, locais com fogão à lenha, lareira, aquecedor central ou elétrico, pois reduzem a umidade do ar;
  • Banhos longos e com água muito quente;
  • Exposição prolongada à água, principalmente em piscinas, onde, normalmente há cloro;
  • Manipulação de produtos químicos e de limpeza, como detergente, por exemplo;
  • Uso de sabonetes e desodorantes de limpeza profunda ou antissépticos;
  • Exposição constante ao ar condicionado;
  • Exposição ao sol sem proteção;
  • Não beber água, ou tomar quantidades insuficientes.

Além das causas citadas acima, a pele ressecada pode surgir como sintoma de algumas doenças e condições, como dermatites, psoríase e diabetes.

Também pode ser resultante do envelhecimento e de alterações hormonais ligadas à tireoide e à menopausa. O ressecamento também pode ser um efeito colateral associado do uso de medicamentos diuréticos e medicamentos para baixar o colesterol contendo estatinas.

Produtos ideais para hidratar a pele

Como cuidar da Pele Seca 9

Uma das dificuldades das pessoas está em escolher produtos adequados para promoverem a hidratação da pele seca, não só da face, mas das mãos, dos pés e do corpo em geral.

A questão é que um produto que é eficaz para uma pessoa, talvez não seja o ideal para outra. Por isso se reforça a necessidade de buscar a ajuda de um especialista para indicar os melhores produtos para a sua pele.

Alguns tipos de pele necessitam de formulações mais gordurosas, como, por exemplo, os idosos.

Existem também cremes direcionados para cada região, como para os pés, que apresentam por exemplo, uma concentração maior de ureia.

Conheça seu Tipo de pele

Como cuidar da Pele Seca 10

Pele normal
É muito raro encontrarmos uma pele normal, pois geralmente só as crianças que apresentam essas características:

O aspecto é matte, poros raramente visíveis, não é muito sensível e nem apresenta vermelhidão ou acne – os tipos normais de pele geralmente exibem poucas linhas e rugas, e o tom da pele é geralmente uniforme, sem manchas acentuadas;

Pele seca
menos elasticidade, pode haver manchas, descamação ou vermelhidão – aqueles com pele seca geralmente têm poros quase invisíveis e podem sofrer de rugas prematuras e irritação regular na pele;

Pele oleosa
apresenta poros dilatados e visíveis – se você tem pele oleosa pode notar uma grande quantidade de brilho constantemente e lidar com a acne e cravos;

Pele mista
normalmente apresenta pele seca e escamosa em partes do rosto e possuem excesso de óleo em outras – muitos erroneamente acreditam, que têm pele oleosa, quando na verdade, têm o tipo de pele combinada;

Pele sensível
pode apresentar as características de pele seca, oleosa ou mista, mas também lida com uma grande quantidade de vermelhidão, irritação e sensibilidade a produtos;

Pele seca x Pele Desidratada

A pele seca é uma pele que sofre de falta de produção de óleo natural e seu problema é nas camadas mais superficiais da pele. A “hidratação” de uma pele seca consiste em tratar essa produção errada de óleo com mais produção de óleo pelas glândulas sebáceas, ou aplicando exteriormente os cremes hidratantes para repor.

A pele desidratada é uma pele que sofre de falta de água e seu problema é nas camadas mais profundas da pele. A hidratação de uma pele desidratada consiste em ingerir mais água e reter a hidratação com produtos de absorção mais profunda, como séruns ou cremes por exemplo.

Vale lembrar que a nossa pele absorve produtos aquosos mais facilmente e rapidamente do que em cremes, então os produtos devem ser aplicados na pele partindo do mais líquido e fino possível para o mais consistente.

Temos disponíveis produtos que são em séruns, loções ou gel creme para facilitar a absorção pela pele.

O ácido hialurônico é um potente aliado, pois promove hidratação profunda.

Glicerina, mel e ureia são outros potentes princípios ativos importantes para a reposição de umidade na pele.

Esses princípios ativos são chamados de umectantes, que ajudam a reter a umidade e hidratação e alcançam camadas mais profundas na absorção. Caso a pele seja seca, pode optar por finalizar a rotina de beleza com óleos naturais (argan, abacate e coco são óleos super ricos) e cremes mais pesados.

Importante ressaltar que a hidratação é essencial para todo tipo de pele, incluindo as oleosas. Ter uma pele oleosa, que produz óleo excessivo, não quer dizer que ela esteja hidratada! Use produtos à base de água, com texturas mais leves e ingredientes altamente hidratantes para prevenir desidratação.

 

Procedimentos importantes para o dia a dia

Passo 1: Higienização da pele

Escolha um sabonete adequado a cada tipo de pele e, com água em temperatura ambiente ou no máximo a 37°C (a temperatura do corpo), lave o rosto. Testa, nariz, região entre os olhos, têmporas, bochechas, nariz, região entre o nariz os lábios e queixo. Não deixe nenhum pedacinho de fora.

É muito importante que se a pele for oleosa, é preciso lavar o rosto sempre com água fria, pois a água quente acelera a produção de sebo.

Enxague bem o rosto, tirando toda a espuma e todos os resíduos do sabonete. Seque com uma toalha macia, para não machucar a pele.

Passo 2: Tonificar

A tonificação também deve aplicada com o tônico adequado para cada tipo de pele.

Essa etapa é importante para equilibrar o ph da pele, remover resíduos do sabonete e serve como auxiliar no tratamento.

Todas as peles precisam de hidratação, mesmo as oleosas.

Passo 3: Hidratar

Escolha um hidratante adequado para o seu tipo de pele (esta informação costuma estar bem visível no rótulo ou na embalagem do produto) e o aplique em todo o rosto.

Pode ser em creme, loção, sérum ou gel.

Passo 3: Proteger/tratar

Para finalizar a rotina em casa, aplique protetor solar específico para o rosto, dependendo do tipo de pele.

Não se deve usar o protetor solar para o corpo no rosto de jeito nenhum, porque é pesado e acaba deixando a pele opaca e oleosa.

O protetor solar evita a ação dos raios UVA e UVB e previne tanto o câncer de pele quanto o envelhecimento precoce. Este passo não pode ser pulado nem se estiver nublado e chovendo lá fora, pois, os raios ultravioletas ultrapassam as nuvens independentemente do clima, causando os mesmos estragos no calor e no frio, sem dizer os raios das lâmpadas fluorescentes e do computador que causam foto envelhecimento.

À noite, a finalização é com um produto para tratamento. Ele pode ter a finalidade que você achar melhor: ser super hidratante, produzir efeito lifting para flacidez, ser atenuador de linhas de expressão… as opções são muitas.

Gostou do artigo? Deixe seus comentários abaixo.

Se quiser conhecer o meu Curso Online de Limpeza de Pele onde eu ensino diversas técnicas diferentes e vários protocolos, clique no link abaixo.

» MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O CURSO

 


Eu ofereço diversos Cursos de Estética, são cursos de qualificação profissional com avaliação e certificado entregue na sua casa. Para conhecer todos os cursos e também os preços e condições de pagamento, basta acessar o link abaixo.

1 2 3 7
>