outubro 15

O que você precisa saber para aliviar a Psoríase

Se você sofre ou conhece alguém que sofre com psoríase essa leitura foi feita para você.

A psoríase é uma condição que afeta todas as partes da vida de uma pessoa. Ou é a coceira que se torna insuportável ou é o julgamento nos olhos de outra pessoa que fica reparando nas marcas visíveis da sua pele.

Mentalmente, você sabe que não é contagioso, mas isso não impede que as pessoas se afastem de você por causa da psoríase.

Bem, não se desespere, leia este artigo e descubra como você pode melhorar a sua condição.

Você pode ter deixado a psoríase tomar o controle da sua vida por muito tempo, mas agora é hora de assumir o controle. Coloque em prática tudo o que eu vou te explicar aqui e veja o quanto você vai ter de melhora no quadro de saúde da sua pele.

Então, vamos começar com o básico. O que é psoríase?

Bem, falando clinicamente, é uma doença autoimune e genética por natureza. Ela se manifesta nas articulações e na pele.

Quando as células da pele se reproduzem muito rapidamente cria-se a psoríase em placas.

As células da pele que levam o nome de queratinócitos são transferidas para a superfície da pele, a epiderme.

 É um ciclo constante de renovação onde as células maduras da pele morrem e são substituídas por novas células e então ocorre um ciclo de renovação natural.

O processo todo leva cerca de 21 dias a um mês. Se alguém tiver psoríase, no entanto, a pele leva um tempo diferente para se renovar.

Psoríase significa que existe um desequilíbrio criado na pele, no sistema de renovação. As novas células são replicadas a uma taxa 10 vezes mais rapidamente do que em alguém que não tem a doença.

A pele na superfície, epiderme, não tem o mesmo aumento da taxa de renovação da pele morta, então as novas células da pele não têm outro lugar para ir e ficam embaixo da superfície criando manchas vermelhas espessas que são visíveis.

As placas que são criadas são as escamas de cor clara que cobrem as manchas vermelhas. O aumento no suprimento de sangue necessário às células da pele é o que causa a cor vermelha.

Você pode sentir que está sozinho com seu problema de psoríase, mas você não está

Na verdade, segundo a Sociedade Brasileira de dermatologia, entre outubro de 2015 e janeiro de 2016, foram contatados, via telefone, 8.947 moradores de 3.002 domicílios de 26 estados brasileiros, constatando-se 117 casos de psoríase com diagnóstico confirmado por médicos, dos quais 59 são homens (1,47%) e 58 mulheres (1,15%).

Esta condição certamente não é algo pelo qual você está sofrendo só.

Quantos tipos de psoríase existem?

Existem basicamente e o mais comum em três tipos: Psoríase gutata, psoríase em placas e psoríase invertida.  

Psoríase em placas

A psoríase em placas é a mais comum delas. Varia em gravidade de pessoa para pessoa, mas sempre aparece como manchas de espessura grossa.  As manchas de pele coçam muito quando ficam inflamadas. Por causa de sua aparência a psoríase em placas pode ser extremamente destrutiva para sua autoestima.  

É necessário tomar bastante cuidado com lesões ou traumas para não ocorrer infecção.

O couro cabeludo é o alvo da psoríase e é facilmente confundido com um caso grave de caspa! Geralmente afeta não só o couro cabeludo, mas também as orelhas e testa.


Psoríase Gutata

Crianças e jovens constituem o maior grupo de pessoas que sofrem de psoríase gutata.

Pode ser o resultado de qualquer tipo de infecção, como estreptococos, e os inchaços vermelhos característicos são resolvidos com antibióticos. A coisa boa sobre a psoríase gutata é que uma vez resolvido ela pode nunca mais reaparecer. Se o seu filho tem isso, você pode até mesmo nem saber, pois geralmente é diagnosticado como uma erupção cutânea de reação alérgica.

Outra área segmentada por Psoríase são as unhas.


Psoríase invertida

A psoríase invertida atinge regiões úmidas da pele, como axilas, virilha e a região abaixo da mama. Produz lesões avermelhadas, porém sem escamas. Os sintomas podem piorar com o suor e atrito da pele.

A psoríase tem algumas características principais, como: 

Vermelhidão extrema da pele e descamação.

Grande inflamação.

Lesões que secam, além de descamação extrema.

Agora, você sabe o que causa a psoríase?

A origem da psoríase é discutível, mas acredita-se que a psoríase seja

em grande parte uma doença genética. Portanto, pode ter um elemento hereditário

A gravidade da doença varia de pessoa para pessoa?

Sim. A psoríase pode ser diagnosticada como leve, moderada ou grave. Isso depende principalmente da quantidade de área corporal afetada, a gravidade das manifestações e o impacto geral na vida do indivíduo.

Você sabe que existem coisas que podem fazer sua psoríase piorar?

Bem, existem! Na verdade, existem várias coisas que podem ser responsáveis pelos "surtos", onde a psoríase se torna muito mais desconfortável.

Por exemplo:

• Alergias

• Drogas (efeitos colaterais de medicamentos / pílulas)

• Infecção

• Lesão (onde a pele é afetada)

• Arranhões (rachaduras na superfície da pele)

• Estresse (especialmente emocional)

• Queimadura de sol

Lembre-se de que nem todas as pessoas com psoríase serão afetadas por todos

esses gatilhos.

 Você pode descobrir, por exemplo, que sua psoríase é pior se você se sentar ao sol por muito tempo, mas nunca ter nenhuma reação negativa a um arranhão do gato por exemplo.

Você já viu a aparência da psoríase em outras pessoas, mas a Psoríase é

transmissível?

Claro que não! Nós sabemos disso. Se você não tinha certeza, agora você sabe!

Você não pode, agora ou nunca, passar a psoríase para outra pessoa. Somente

porque não parece "bom", não significa que seja contagioso!

Você sabe que pode desenvolver psoríase em qualquer idade?

De um modo geral, a maioria das pessoas desenvolve psoríase quando estão

entre 15 e 35 anos. Menos de 15% das pessoas que sofrem de psoríase irão

desenvolver a doença com menos de 10 anos.

Quais áreas do corpo são mais afetadas?

Mais comumente, a psoríase é visível nos cotovelos, joelhos, couro cabeludo e

tronco. Mas não termina aí. Também é possível que apareça em outras áreas do corpo, como órgãos genitais, unhas e solas dos pés ou outras áreas.

Você sabe que existe uma conexão entre a psoríase e outras doenças?

É verdade. Cerca de um quinto das pessoas que sofrem de psoríase têm um tipo específico de artrite semelhante à artrite reumatoide, mas conhecida como artrite psoríase.

Ela ataca as articulações, em particular os dedos dos pés e das mãos, mas também os tornozelos, joelhos, parte inferior das costas e pescoço.

Como os alimentos afetam a psoríase?

Como a psoríase é uma doença que pode afetar toda a sua vida, opte por comer alimentos que são saudáveis. Isso pode ajudar a diminuir os sintomas de psoríase e dor.

Os alimentos escolhidos precisam não só fornecer ao corpo o combustível de que necessita, mas também fornece uma maneira de obter nutrientes saudáveis em seu sistema.

Embora haja uma ampla seleção de alimentos que podem tentar seu paladar, você deve pensar em comer alimentos que são ricos em minerais saudáveis, nutrientes e vitaminas. Além disso, escolher alimentos que são cultivados organicamente é uma das melhores maneiras de prevenir toxinas e de que produtos químicos entrem em seu corpo.

Dos vários alimentos que você planejará para suas refeições diárias, tente incluir muitas frutas frescas orgânicas, vegetais, grãos inteiros, óleos saudáveis para o coração e carnes.

Ao preparar suas refeições, você deve lavar e limpar qualquer fruta e vegetais que serão consumidos. Esta etapa de limpeza eliminará qualquer produto químico que estiver nos alimentos.

Qualquer pessoa que sofre de psoríase descobrirá que comer vegetais e frutas crus é a melhor escolha a fazer. Quando você come esses alimentos crus, você não está adicionando nada extra para alterar o sabor ou os nutrientes dos alimentos. Você também descobrirá que a ingestão de fibras é aumentada porque o estado cru dos vegetais tem um maior nível de fibra do que quando são cozidos.

A fibra dos alimentos também ajudará seu sistema digestivo para funcionar no nível ideal.

De todos os alimentos que você pode escolher, existem alguns que podem ser excelentes para o seu sistema imunológico.

Esses tipos de comida podem incluir:

• Levedura de cerveja

• Feijões

• Frutas frescas

• Legumes frescos, verdes e com folhas - como repolho, espinafre,

couve etc.

• Nozes

• Frutos do Mar

Comer esses tipos de alimentos pode ajudar seu corpo de várias maneiras.

A primeira maneira é aumentando o sistema imunológico natural do seu corpo fortalecendo a defesa.

Em seguida, fornecendo ao seu corpo os minerais necessários e vitaminas necessárias para funcionar corretamente.

E finalmente você será menos propenso a desenvolver várias alergias ao comer uma variedade de alimentos saudáveis, frutas e vegetais orgânicos.

Qual é o efeito da psoríase no seu corpo?

Ter psoríase visível na pele pode ser emocionalmente e fisicamente desafiador. Na maior parte, a psoríase real não impede você de viver uma vida plena, mas os problemas de autoconfiança podem afetar muito a qualidade de vida.

Além disso, algumas pessoas, por causa de sua ignorância sobre a doença pode responder de certas maneiras. Alguns podem pensar erroneamente que a psoríase é contagiosa.

A psoríase tem cura?

A psoríase é uma doença crônica, portanto, não há cura para tal doença. No entanto, existem muitas maneiras que podem ajudar o sofredor a reduzir os efeitos da doença.

Dito isto, no entanto, existem várias pessoas que afirmam ter reduzido bastante os efeitos dessa doença seguindo certos métodos.

Um deles é usar produtos para fortalecer a barreira cutânea e esses produtos não podem ser qualquer um. Devem ser elaborados com princípios ativos especiais e específicos para atuar na raiz do problema.

O primeiro produto a ser utilizado é um sabonete líquido especialmente desenvolvido para peles altamente sensibilizadas, com psoríase ou dermatite.

A recomendação de uso é para ser aplicado na pele molhada massageando suavemente e enxaguar logo em seguida. É importante sempre lavar a área afetada com água fria, no que ajuda a acalmar a pele.

O sabonete líquido especial para psoríase contém lipídios de aveia e alga rica em fucose, ativo que promove hidratação profunda.

Outro item tão ou mais essencial do que o sabonete é a emulsão especialmente desenvolvida para esse problema de pele.

A emulsão contém Vederine que atua como a vitamina D, restaurando as funções dos receptores de vitamina D danificados e estimulando os passos-chave na diferenciação terminal epidérmica. Isto faz com que a pele recupere mais rapidamente sua barreira protetora e funcional.

O Ácido hialurônico age como um potente e profundo hidratante para a pele.

O Inca Omega Oil tem potente ação hidratante e antioxidante, capaz de garantir uma pele bonita e protegida.

A Sucrose Ester SP30-C promove excelente hidratação, regenera e protege a pele sensível.

A indicação de uso da loção é para aplicação de uma a duas vezes ao dia nos locais afetados.

Com esses cuidados a sua pele voltará a ter uma aparência mais saudável para te permitir melhor qualidade de vida.

Para adquirir o sabonete líquido com preço promocional clique aqui:

Para conhecer os cursos profissionalizantes de estética que eu ofereço, clique aqui:

https://www.esteticistacomovoce.com.br/cursos


Se gostou, compartilhe!

Tags


You may also like

Desidratação Epidérmica: Por que isso acontece?

Como usar o Ácido Salicílico no combate a acne e oleosidade